Sociologia compreensiva mx weber

MAX WEBER (1864-1920)
SOCIEDADE, EDUCAÇÃO E DESENCANTAMENTO

As sociologias de Durkheim e Marx, já vimos, partiram da idéia de que só é possível compreender as relações entre os homens secompreendermos a sociedade que os obriga, em níveis e em medidas diversas, a agir de acordo com forças estranhas a suas vontades individuais, e impositivas com relação a elas. (...) (p.51).

+ ParaDurkheim a educação é o mecanismo pelo qual o indivíduo torna-se membro da sociedade.
+ Para Marx a sociedade é um mecanismo que, conforme o conteúdo de classe, pode ser utilizado para oprimir ou paraemancipar o homem.

A sociologia de Max Weber (1864-1920) aponta para outra compreensão: A sociedade não é apenas uma “coisa” exterior e coercitiva que determina o comportamento dos indivíduos, mas oresultado de inúmeras interações interindividuais. A sociedade não é aquilo que pesa sobre os indivíduos, mas aquilo que se veicula entre eles.

Weber e o pensamento sociológico
+ A sociologiaweberiana gira em torno do conceito de “ação social” e do postulado de que a sociologia é uma ciência “compreensiva”.
+ Diferentemente das ciências naturais, para as quais os acontecimentos sãorelativamente independentes do cientista que os analisa, nas ciências sociais os acontecimentos dependem fundamentalmente da postura e da própria ação do investigador. = A realidade não é uma coisa em si. Elaganha um determinado rosto conforme o olhar que você lança sobre ela.
+ Weber se recusa a tratar os “fatos” sociais como se fossem “coisas”. Para ele, as coisas que eu vejo podem ser diferentes dascoisas que você vê; pode ser também que as coisas que eu vejo não são coisas para você. A razão disso é que os homens vêem o mundo que os cerca a partir de seus valores.
+ Os valores são compartilhados,mas são introjetados (subjetivados) de modos distintos, conforme o processo de interação em que o indivíduo está inserido.
+ Como Weber concebe a realidade? Como o encontro entre os homens e os...
tracking img