Sociologia compreensiva mx weber

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 14 (3306 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 3 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
MAX WEBER (1864-1920)
SOCIEDADE, EDUCAÇÃO E DESENCANTAMENTO

As sociologias de Durkheim e Marx, já vimos, partiram da idéia de que só é possível compreender as relações entre os homens se compreendermos a sociedade que os obriga, em níveis e em medidas diversas, a agir de acordo com forças estranhas a suas vontades individuais, e impositivas com relação a elas. (...) (p.51).

+ ParaDurkheim a educação é o mecanismo pelo qual o indivíduo torna-se membro da sociedade.
+ Para Marx a sociedade é um mecanismo que, conforme o conteúdo de classe, pode ser utilizado para oprimir ou para emancipar o homem.

A sociologia de Max Weber (1864-1920) aponta para outra compreensão: A sociedade não é apenas uma “coisa” exterior e coercitiva que determina o comportamento dos indivíduos, mas oresultado de inúmeras interações interindividuais. A sociedade não é aquilo que pesa sobre os indivíduos, mas aquilo que se veicula entre eles.

Weber e o pensamento sociológico
+ A sociologia weberiana gira em torno do conceito de “ação social” e do postulado de que a sociologia é uma ciência “compreensiva”.
+ Diferentemente das ciências naturais, para as quais os acontecimentos sãorelativamente independentes do cientista que os analisa, nas ciências sociais os acontecimentos dependem fundamentalmente da postura e da própria ação do investigador. = A realidade não é uma coisa em si. Ela ganha um determinado rosto conforme o olhar que você lança sobre ela.
+ Weber se recusa a tratar os “fatos” sociais como se fossem “coisas”. Para ele, as coisas que eu vejo podem ser diferentes dascoisas que você vê; pode ser também que as coisas que eu vejo não são coisas para você. A razão disso é que os homens vêem o mundo que os cerca a partir de seus valores.
+ Os valores são compartilhados, mas são introjetados (subjetivados) de modos distintos, conforme o processo de interação em que o indivíduo está inserido.
+ Como Weber concebe a realidade? Como o encontro entre os homens e osvalores aos quais eles se vinculam e os quais articulam de modos distintos no plano subjetivo.

+ As ciências sociais (que Weber chama de ciências da cultura) são vistas como a possibilidade de captação da interação entre homens e valores no seio da vida cultural (captação da ação social)

+ Para Weber, como a realidade é infinita, apenas um fragmento de cada vez pode ser objeto do conhecimento. O“todo” (a sociedade) que supostamente pesaria sobre as partes (os indivíduos) é incompreensível se for tratado como um todo, como uma coisa. Este todo reside na interação entre as partes e não é possível conhecer todas elas ao mesmo tempo, porque são muitas e porque se renovam a cada dia.

+ A sociedade, em Weber, não é um bloco, mas uma teia.

+ Na seleção do fragmento a ser investigadoestarão presentes os valores do investigador, que faz parte dessa sociedade ou de alguma outra. Trata-se de um processo subjetivo que não compromete a objetividade do conhecimento, desde que o investigador leve em conta, na interpretação das ações e relações, os valores que ele atribui ao próprio ator social (aquele que pratica a ação) e não os seus próprios valores (do investigador).

+ O que podeser concluído das idéias até agora expostas?
- O trabalho científico é inesgotável, porque o real o é, bem como fragmentário e especializado.
- O objeto das ciências da cultura será a decifração da significação (o sentido) da ação social (as condutas humanas). A única maneira de estudar esse objeto é a compreensão.

Diz o autor que Weber era um pessimista radical, porque: ele achava que o tipode vida imposto às pessoas no mundo moderno fazia com que a educação deixasse de formar o homem, para simplesmente prepará-lo para desempenhar tarefas na vida.

+ Definição da sociologia compreensiva de Weber...
Ponto de partida: o que é ação social? A ação social ocorre quando um indivíduo leva os outros em consideração no momento de tomar uma atitude, de praticar uma ação.

+ Agir em...
tracking img