Sociedade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3167 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SOCIEDADE, ÉTICA E POLÍTICA
“Se Deus não existe,
tudo é permitido”
Walmir Barbosa


A reflexão sobre a Ética ocupa uma grande importância para a humanidade,
independentemente das conjunturas e períodos históricos. Mas, certamente, há conjunturas e
períodos históricos nos quais a sua reflexão assume maior relevância.
A atual conjuntura e período histórico, profundamentecaracterizado pela redução das
necessidades materiais e culturais humanas aos imperativos do mercado, pelo avanço do
oficialismo estatal, pelo controle e manipulação da informação e pela progressiva idiotização de
uma grande parte da sociedade, exige de nossa parte situar a Ética no centro das nossas idéias e
das nossas práticas sociais. Exigência colocada para todos aqueles que reconhecem apertinência
de lutar por um mundo melhor e de avaliar as escolhas e opções realizadas enquanto ator social
individual e enquanto parte integrante de atores sociais coletivos.
O propósito deste texto é contribuir para uma reflexão acerca da Ética em sua relação com
a sociedade e a política. E, enquanto tal, volta-se prioritariamente para estudantes e jovens
ativistas políticos.
Aconstrução e organização deste texto não foi conduzida por um “especialista” em
Filosofia e Ética. Todavia, pretende-se que o texto dê conta de combinar um determinado rigor na
abordagem da Ética e uma reflexão sobre a mesma por parte dos leitores.
O texto se divide em três partes: “O Conceito de Ética”, onde se buscou uma definição
geral de Ética e o desenvolvimento do seu conceito ao longo dahistória; “Incursões Filosóficas”,
onde se copidescou as intervenções de diversos intelectuais sobre Ética por meio dos vídeos Ética
I e II, produzidos e divulgados pela Fundação Padre Anchieta; e “Por uma Política Ética”, onde
se buscou identificar alguns desafios colocados para as idéias e práticas políticas de dimensão
Ética na atual conjuntura e período histórico.∗
É Mestre em História das Sociedades Agrárias e professor na UCG e do CEFET-GO. 2
O texto recebeu contribuições de Sebastião Cláudio Barbosa, Ana Paula Nunes e Marcela
Maciel. Em que pese os seus limites, convidamos ao leitor a percorrer este pequeno itinerário de
reflexão sobre Ética. 3
I PARTE
O Conceito de Ética
1. DEFINIÇÃO E CONCEITO DE“ÉTICA”
Ética pode ser definida como a ciência ou disciplina que se ocupa da conduta humana
(social, política, artística etc). Conduta que é sempre e necessariamente orientada por preceitos
normativos morais, o que converte a Moral no objeto da Ética.
A Moral é uma forma de comportamento humano que compreende tanto um aspecto
normativo (regras de ação) quanto um aspecto factual (atos quese conformam em um ou em
outro sentido, mas sempre em interação com as normas mencionadas).
A Moral é um fato social. Ocorre na sociedade, corresponde a determinadas necessidades
sociais e cumpre um conjunto de funções sociais. O fato da Moral, embora possua um caráter
social, não reduz o papel essencial que o indivíduo desempenha nele, visto que a Moral demanda
a interiorização dasnormas e deveres estabelecidos e sancionados pela comunidade de forma
individual.
O ato moral concreto faz parte de um contexto normativo (código moral) que vigora em
uma determinada comunidade, o qual lhe confere sentido. Todavia, como manifestação concreta 4
do comportamento moral dos indivíduos reais, é unidade indissolúvel dos aspectos ou elementos
que o integram: motivo, intenção,decisão, meios e resultados, e, por isso, o seu significado não
pode ser encontrado em apenas um destes aspectos ou elementos abstraídos dos demais.
Como fato consciente e voluntário, o ato moral supõe uma participação livre do sujeito
em sua realização, em que pese o caráter impositivo das normas morais. É a necessidade
histórico-social que condiciona o ato moral e que “harmoniza” a...
tracking img