Sociedade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 41 (10026 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sociedade e Contemporaneidade

ORIGENS DO PENSAMENTO SOCIAL
Por Prof(a)Ellen Plümer

s primeiros passos da nossa jornada têm por objetivo tornar conhecidos os instrumentos que as Ciências Sociais nos oferecem para a compreensão da realidade social. Começaremos conhecendo como nasceu a busca permanente que empreendemos, para a resposta a três perguntas que nos fazemos desde os tempos daGrécia Antiga:

O

Fonte 1: Arquivo Ulbra Ead

Contexto histórico surgimento Ciências Sociais
Origens do pensamento social e seu nascimento como ciência
3

V

amos começar, então, estudando o contexto histórico de surgimento das Ciências Sociais e identificando as transformações culturais, econômicas e políticas que tornaram possível o surgimento das Ciências em geral, como forma moderna deorganização do conhecimento.
Fonte 2: Arquivo Ulbra Ead

Assim, precisamos conhecer o período Feudal (fase anterior à Revolução Científica) e as explicações então produzidas sobre a humanidade, a natureza e a sociedade. Em seguida, verificaremos como as Revoluções Industrial e Francesa (fase pós-Revolução Científica), contribuíram para a consolidação do sistema capitalista e para a ascensãoeconômica, política e cultural da classe burguesa.

Período Feudal – as explicações sobre a humanidade, a natureza e a sociedade eram baseadas na visão teológica.

A Ciência antes da Revolução Científica
A humanidade sempre refletiu sobre os fatos e problemas da sua vida social, procurando compreendê-los. Para compreendermos a produção cultural de um povo é necessário verificarmos como osindivíduos se relacionam ao produzir sua própria existência. As primeiras tentativas

www.ulbra.br/ead

Sociedade e Contemporaneidade
As primeiras tentativas para compreender os fenômenos sociais baseavam-se mais na imaginação do que na inin vestigação científica.

de compreender as relações sociais baseavam-se mais na imaginação do que na investigação científica dos fenômenos. Na Grécia Antiga,os deuses e heróis eram usados para explicar certos fenômenos sociais e manter a ordem no mundo moral e físico. Neste período vigorava o sistema escravista; o trabalho manual era desvalorizado. Por outro lado, era valorizada à atividade intelectual contemplativa, dissociada da prática. Esta atividade era considerada superior, pois se dedicavam a filosofar os indivíduos que não precisavam sepreocupar com o dia-a-dia e podiam se entregar ao ócio.1 Embora Platão (427-348 a.C) em sua obra A República e as Leis e Aristóteles (385-322 a.C) em A Política, tenham refletido sobre algumas questões sociais, o fator político sob o domínio de um interesse puramente ético tinha prioridade na sua filosofia. Esses pensadores não tinham a própria sociedade como objeto específico do conhecimento. Seuobjeto essencial de estudo era a política e a moral, numa perspectiva normativa e

Fonte 3: Arquivo Ulbra Ead

finalista; ou seja, buscavam estabelecer normas e regras para a vida social. Portanto, apreendiam uma parte da vida social. Neste sentido, estavam mais preocupados em refletir, sobre o que as sociedades deveriam ser e como deveriam organizar-se para serem tão perfeitas quanto possível.2Na Idade Média as explicações sobre a realidade eram dadas pelos teólogos e católicos, que justificavam e a ordem social de acordo com as escrituras sagradas.

Na Grécia Antiga, os fenômenos sociais eram explicados através dos deuses e heróis.

No século V d.C., Santo Agostinho (354430), um dos mais importantes teólogos católicos, escreve A Cidade de Deus, na qual conta a história dahumanidade desde a criação até aqueles dias, definindo a missão dos cristãos perante a sociedade da época. A perspectiva bíblica, em

www.ulbra.br/ead

4

Origens do pensamento social e seu nascimento como ciência

Na Idade Média, o pensamento social de origem greco-latino, desenvolvido no período anterior a Cristo, e, portanto, concebido fora dos preceitos sagrados do cristianismo, foi...
tracking img