Sociedade e cultura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2334 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O HOMEM A NATUREZA E A SOCIEDADE: O HOMEM COMO UM SER NATURALMENTE CULTURAL

















Bárbara Novais Nº 2012353

Catarina Cruz Nº 2012361

Isa Lopes N

Marisa Cardoso Nº 2012360




Índice






Introdução 3
Homem 4
Natureza 6
Sociedade 7
Cultura 9
O Homem como um Ser Naturalmente Cultural 11
Crianças “não socializadas” 13
Conclusão 16Bibliografia 17





































Introdução



No âmbito da unidade curricular de sociedade e cultura, o nosso grupo optou por escolher o tema referente a “O Homem, a Natureza e a Sociedade: O Homem como um ser naturalmente cultural”. Tomámos esta decisão pela curiosidade em explorar o subtema das crianças selvagens nomeadamente o caso deVictor de Aveyron.
Para a elaboração do trabalho achámos por bem dividir o tema por partes específicas, uma vez, que o mesmo é bastante geral e engloba uma grande variedade de realidades. Assim, a partir do tema, fizemos a seguinte divisão: Homem, Natureza, Sociedade, Cultura e por fim “O Homem como um Ser Naturalmente Cultural”.
No subtema “Homem” explorámos o conceito de Homem, asua origem e evolução ao longo dos tempos.
Na “Natureza” e na “Sociedade” reflectimos e analisámos os diversos conceitos.
Com a “Cultura” investigámos as diversas relações que esta forma com os três subtemas anteriormente referidos e o conceito de Taylor.
Por fim, “O Homem como um Ser Naturalmente Cultural” em que examinamos o tema na sua globalidade e relacionamos todos ossubtemas anteriores. É, também, a partir deste que abordamos a história de Victor de Aveyron.



Homem




Homem sábio do latim Homo Sapiens. Social por natureza e naturalmente cultural.


Há cerca de 70 milhões de anos surgiram os primatas, pertencentes à classe dos mamíferos. A partir destes formaram-se duas grandes famílias: os Pongídeos (orangotangos, gorilas e chimpanzés)e os Hominídeos (antepassados próximos do Homem).
As primeiras pesquisas sobre a origem do homem surgiram no século XIX. Os vestígios dos mais antigos Hominídeos são de à 5 milhões de anos e foram descobertos em África. A esses Hominídeos chamaram-lhes de Australopitecos (macacos do sul).
Há dois milhões de anos surgiu o Homo habilis (homem hábil) na mesma região de África quecoexistiu com os Australopitecos. Enquanto os Australopitecos se extinguiram, o Homo habilis prosperou e foi considerado o primeiro homem.
Há cerca de 1,8 milhões de anos apareceu, em África, o Homo erectus. Há pouco mais de 1 milhão de anos, estes dirigiram-se para Norte, saindo de África, em direcção à Ásia e Europa. O Homo erectus desfrutava de uma certa organização social e formas decooperação, tendo sido o primeiro a utilizar o fogo.
O Homo sapiens apareceu na Europa há cerca de 150 mil anos. Tinha uma vida social organizada, caçava em grupo e enterrava os seus mortos.
O último estádio da hominização (conjunto de transformações verificadas desde os primeiro hominídeos) é o Homo sapiens sapiens. Considerado um homem biologicamente perfeito. Esta nova espécie surgiu há 35ou 40 mil anos em vários territórios simultaneamente.































Natureza




Natureza do latim natura. Designa a "qualidade essencial, disposição inata, o curso das coisas e o próprio universo".


Entende-se por Natureza o universo físico ou mundo natural, não inclui objectos produzidos pelo ser humano.
Natureza é oUniverso como totalidade cósmica dentro do qual o homem está inserido, que rege a constituição íntima das coisas e dos seres, constituindo leis físicas e biológicas. O homem está também sujeito a estas leis: nasce, cresce e morre. Independentemente da cultura do individuo, a personalidade irá sempre ter alicerces na sua própria constituição física e biológica. Para adquirir os meios para a sua...
tracking img