Sociedade e conteporaneidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3719 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Sociedade e Contemporaneidade

Resumo

( 2 ) Os três enfoques das ciências sociais sobre a sociedade moderna

(2.1) A guerra contra o terrorismo após os atentados de 11 de setembro

A brutalidade do atentado terrorista de 11 de setembro contra os EUA levou muitos intelectuais, no mundo todo a imaginar que a reação a esse acontecimento levaria as nações do mundo a implementar mudanças nocenário das relações internacionais. Ações e reações violentas das partes em conflito deveriam incentivar a constituição de uma nova ordem mundial baseada no respeito à soberania nacional e nas normas do direito internacional público. O acontecimento exigia uma analise cientifica do terrorismo como fato social, como forma de construção de soluções visando curar as feridas sociais que produziramesse cenário de desequilíbrio sistêmico nas relações internacionais.
A questão que se impõe é saber como combater o terrorismo. Temos a certeza da inutilidade da guerra sem tréguas contra aqueles que fazem atentados contra civis indefesos, já que o terrorismo, na atual circunstância, constitui-se num fato social de natureza patológica. Isto é, uma doença que não tem cura pelos tratamentostradicionais. Para analisar a ação terrorista, na podemos adjetivá-la, sob pena de estarmos fazendo uma analise preconceituosa e, a priori, posicionada. O importante é entendermos a racionalidade implícita ao terrorismo. Por isso, faz-se necessário analisarmos objetivamente esse fenômeno social. O terrorismo difunde a doença do ódio e da intolerância. Mas se quisermos observar o problema de formacientifica e neutra, é preciso reconhecer que essa pratica somente surgiram em função do desequilíbrio sistêmico provocado pela ação de outra parte do sistema social mundial, visto que a única superpotência dominante recusa-se a permitir que as outras partes do sistema social mundial exerçam suas funções em relação ao todo, tornando-se impossibilitadas de defender seus interesses junto aos demaisinterlocutores, que não atendem, não vêem e não consideram como legítimos os pontos de vista dos demais participantes do sistema.
A tarefa que se impõe às partes saudáveis do sistema social mundial é a de fazer um esforço para efetuar uma leitura objetiva, cientifica, de tudo que há das causas dessa doença chamada de terrorismo dos seus agentes causadores. A compreensão cientifica e objetiva do fatosocial não implica renúncia à aplicação dos remédios necessários para que se elimine essa infecção que ameaça a saúde do organismo social mundial.
A doença social, embora se apresente mais grave nos terroristas, é de toda a sociedade. O ataque terrorista de 11 de setembro de 2001 expôs a vulnerabilidade da maior potencia militar do planeta. A atrocidade terrorista provocou comoção e solidariedadeinternacional ao povo norte-americano. A invasão do Iraque, por iniciativa unilateral dos EUA, pelo que tudo indica, reverteu esse cenário. Com as medidas de segurança adotadas após atentado o povo dos EUA vem perdendo alguns de seus mais caros valores tradicionais,considerados pilares da fundação da nação tais como o direito à privacidade, a liberdade do cidadão perante o Estado e o direito àpresunção de inocência até que se prove o contrário. A guerra dos terroristas é para destruir valores morais e os princípios da liberdade e da democracia, que não são apenas dos EUA, mas, sim, são os alicerces os quais se equilibra todo o sistema social mundial. Ao vermos o governo norte-americano avançar sem levar em conta a liberdade e o direito de seus cidadãos a pretexto de combater o terrorismo,podemos observar a dimensão da vitória que AL Qaeda obteve com o ataque de 11 de setembro. Assim o prognóstico é de que teremos, no futuro, dias mais inseguros enquanto não for mudada a forma de combate ao terrorismo.

(2.2) 11 de setembro: um atentado terrorista contra o imperialismo americano

Os Estados Unidos sofreram um atentado terrorista injustificável no dia 11 de setembro de 2001,...
tracking img