Sociedade espetáculo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 135 (33641 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A Sociedade do Espetáculo - Guy Debord

Página 1 de 140

eBookLibris

A SOCIEDADE DO ESPETÁCULO
Guy Debord (1931-1994)
Projeto Periferia

A Sociedade do Espetáculo Guy Debord (1931-1994) Tradução em português: www.terravista.pt/IlhadoMel/1540 Paráfrase em português do Brasil: Railton Sousa Guedes Coletivo Periferia www.geocities.com/projetoperiferia Editorações, tradução do prefácio eversão para eBook eBooksBrasil.com Fonte Digital base Digitalização da edição em pdf originária de www.geocities.com/projetoperiferia ©2003 — Guy Debord

Índice

http://www.ebooksbrasil.com/eLibris/socespetaculo.html

1/12/2003

A Sociedade do Espetáculo - Guy Debord

Página 2 de 140

Nota importante Prólogo para a terceira edição francesa A SOCIEDADE DO ESPETÁCULO Capítulo I – Aseparação consolidada Capítulo II – A mercadoria como espetáculo Capítulo III – Unidade e divisão na aparência Capítulo IV – O proletariado como sujeito e como representação Capítulo V – Tempo e história Capítulo VI – O Tempo espetacular Capítulo VII – A Ordenação do território Capítulo VIII – A Negação e o consumo da cultura Capítulo IX – A Ideologia materializada Notas

Nota Importante

O que vema seguir, é uma paráfrase desenvolvida em português do Brasil, baseada em uma tradução publicada na rede em 1997 em português de Portugal (www.terravista.pt/IlhadoMel/1540). Para quem faz questão da precisão absoluta das palavras escritas por Debord, é fortemente recomendado beber da fonte original, em francês [www.geocities.com/projetoperiferia4/sefa.htm] — também publicado em eBook pelaeBooksBrasil.com

http://www.ebooksbrasil.com/eLibris/socespetaculo.html

1/12/2003

A Sociedade do Espetáculo - Guy Debord

Página 3 de 140

A teoria revolucionária é, agora, inimiga de toda a ideologia revolucionária e sabe que o é.”

Guy Debord

A Sociedade do Espetáculo
Prólogo para a terceira edição francesa

A Sociedade do Espetáculo foi publicado pela primeira vez em novembro de1967, em Paris, por Buhet-Chastel. Os tumultos de 1968 o tornaram conhecido. O livro, no qual jamais mudei uma só palavra, foi reeditado seguidamente a partir de 1971 pelas Éditions Champ Libre que tomaram o nome de Gérard Lebovici em 1984, após o assassinato do editor.

http://www.ebooksbrasil.com/eLibris/socespetaculo.html

1/12/2003

A Sociedade do Espetáculo - Guy Debord

Página 4 de140

A série de reimpressões sucederam-se aí regularmente até 1991. A presente edição, ela também, permaneceu rigorosamente idêntica à de 1967. A mesma regra norteará aliás, muito naturalmente, a reedição de todos os meus livros na Gallimard. Não sou destes que se corrigem. Uma teoria crítica como esta não tem que ser mudada; não enquanto não tiverem sido destruídas as condições gerais do longoperíodo da história de que esta teoria terá sido a primeira a definir com exatidão. A continuação do desenvolvimento do período não fez senão confirmar e ilustrar a teoria do espectáculo cuja exposição, aqui reiterada, pode também ser considerada como histórica em uma acepção menos elevada: testemunha o que foi a posição mais extremada por ocasião das disputas de 1968 e, portanto do que já erapossível saber em 1968. Os mais equivocados desta época puderam aprender a partir de então, pelas desilusões de toda sua existência, o que significavam a «negação da vida que se tornou visível», «a perda da qualidade» ligada à formamercadoria e à «proletarização do mundo». De resto, acrescentei a seu tempo outras observações a respeito das mais notáveis novidades que o curso ulterior do mesmoprocesso fizeram aparecer. Em 1979, por ocasião de um prefácio destinado a uma nova tradução italiana, tratei das transformações efetivas na natureza mesma da produção industrial, como nas técnicas de governo, que começava a autorizar o uso da força espectacular. Em 1988, os Comentários sobre a sociedade do espectáculo estabeleceram
http://www.ebooksbrasil.com/eLibris/socespetaculo.html 1/12/2003...
tracking img