Socialismo x capitalismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3089 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
E.E. PROFESSOR EDMUR NEVES – MIRASSOL / SP



GEOGRAFIA



Aluno:
Prof.: Ana Paula
Tema do trabalho: Capitalismo xSocialista



2013
CAPITALISMO
O capitalismo é um sistema econômico em que os meios de produção e distribuição são de propriedade privada e com fins lucrativos. Decisões sobre oferta, demanda, preço, distribuição e investimentos não são feitos pelogoverno, os lucros são distribuídos para os proprietários que investem em empresas e os salários são pagos aos trabalhadores pelas empresas.
O surgimento do capitalismo durou muito tempo com experiências políticas, sociais e econômicas. Sabe-se que a expansão desse processo tem ligações com renascimento comercial nos primeiros séculos da Baixa Idade Média. Nesse período houve transformações com grandeimportância nas propriedades feudais, que começaram a ser arrendadas e a mão de obra remunerada.
Essas primeiras mudanças vieram junto com o surgimento de uma classe de comerciantes e artesãos que viviam ao ‘’lado’’ do feudalismo habitando uma região externa, chamada de burgo. Foi baseado nesse nome que surgiu a burguesia. A burguesia medieval colocou uma nova característica a economia europeia:bens e dinheiro começaram a circular por diversas regiões com mais facilidade.
O comerciante, agora, substitui o valor de uso das mercadorias pelo seu valor de troca. Em consequência, o comerciante deixou de julgar o valor das mercadorias pensando na sua utilidade, para calcular custos e lucros em dinheiro.
Com esse novo processo de monetarização, o comerciante passou a trabalhar para obterlucros e acúmulo de capitais. A expansão do comércio foi tão grande, que a burguesia apoiava a formação de Estados Nacionais. Juntos com o poder militar da nobreza, os burgueses tinham a ajuda política para dominar novos mercados, regularizar impostos e padronizar moedas.
Essas transformações que marcaram a passagem da Idade Média para a Idade Moderna incentivaram o capitalismo mercantil e as grandesnavegações. Também incentivou a colonização e o domínio de novas áreas e a integração de economias mundialmente.
O capitalismo mercantil possibilitou um grande acúmulo de riquezas, e também características de concorrência como acordos, tarifas e guerras para ampliar suas relações comerciais. A relação harmoniosa entre a burguesia e os monarcas ganhou uma nova face conforme em que a manutenção dosprivilégios da nobreza se transformava em obstáculos para o desenvolvimento burguês. A partir dai o capitalismo tornou-se cada vez mais forte devido a diversas revoluções.
O início do capitalismo no Brasil foi colonial, focado em mandar dinheiro para a sua metrópole com a exportação de matéria-prima e importação de produtos industrializados. Para o acumulo de capital na metrópole, a mão de obradeveria ter baixíssimo custo, com isso veio à mão de obra escrava.
Considerando o seu processo de desenvolvimento, costuma-se dividir o capitalismo em três fases: Capitalismo Comercial, Industrial e Financeiro.
Capitalismo Comercial: Essa fase do capitalismo ocorreu desde o fim do século XV até o século XVIII. Foi marcada pela expansão marítima de Portugal e Espanha, em busca de novos caminhospara as Índias, com o objetivo de acabar com a liderança italiana no comércio com o Oriente feito pelo Mediterrâneo. Foi essa a época das Grandes Navegações, das conquistas territoriais, e também a época da escravidão.
O grande acúmulo de capital era feito por meio do comércio, vem daí o termo ‘’capitalismo comercial’’.
A economia funcionava segundo o mercantilismo, que, em resumo, queria a...
tracking img