Sobre as condições de trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (400 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Sobre as condições de trabalho
O trabalho expressa a relação que os seres humanos estabelecem entre si e a natureza. A execução do trabalho requer o emprego físico e mental. Esses esforçostransformam elementos da natureza em bens que satisfazem as necessidades humanas. Ao realizar as atividades de transformação de elementos da natureza, os homens se relacionam entre
si. As relações de trabalhopermitem diversas formas de organização do mundo do trabalho. Na sociedade capitalista, o trabalho assumiu uma forma muito específica: o emprego assalariado.
Para pensadores, como Karl Marx(1818-1883), é por meio do trabalho que o homem modifica a natureza e o mundo para satisfazer as necessidades humanas (pessoais ou sociais) e assim transformar a natureza em objetos de cultura, ou seja, aomesmo tempo em que a natureza é transformada, o mesmo ocorre com o homem.
É claro que a miséria e a pobreza, responsáveis pela exclusão social e transformadas em tristes símbolos que envergonham ospaíses em desenvolvimento, estão na base do problema do trabalho infantil. Entretanto, um olhar mais atento na questão, tem demonstrado outras causas geradoras da inserção indevida de crianças notrabalho, destacando-se a infeliz herança de uma cultura que defende a idéia de que o trabalho “dignifica” a criança, desenvolvida com a Revolução Industrial e incrementada significativamente a partir dasondas da expansão capitalista. Embora atualmente se faça sentir, por meio de denúncias, movimentos de proteção, estatutos, etc., uma crescente preocupação com as precárias condições da infância, talproblemática não é nova. Através de alguns escritos sobre a legislação fabril inglesa do século XIX, pode-se perceber que a exploração da criança das classes populares, a inexistência da infância isentade violências, do trabalho, de responsabilidades do mundo adulto não são questões apenas da atualidade. Observe este fragmento da obra “O capital” do filósofo alemão Karl Marx (1818-1883): Marx...
tracking img