Slides

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2602 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1

Tratamento da Leishmaniose Tegumentar Americana Treatment of American Tegumentary Leishmaniasis Valdir Sabbaga Amato1

1.Antimoniais pentavalentes 1.1 Histórico e apresentação comercial

A Organização Mundial da Saúde e o Ministério da Saúde do Brasil recomendam para o tratamento da Leishmaniose Tegumentar Americana (LTA), os antimoniais pentavalentes como drogas de primeira escolha.Coube a um cientista Brasileiro, Gaspar Vianna, a vanguarda de utilizar um composto antimonial, o tártaro emético, para o tratamento da leishmaniose. A importância desta descoberta foi viabilizar o tratamento da LTA, e teve repercussões inclusive fora do Brasil. O primeiro antimônio pentavalente sintetizado foi o estibogluconato de sódio Pentostam® em 1945; neste mesmo ano, ocorreu a síntese de outrocomposto pentavalente, o antimoniato de N-metil glucamina, __________ 1. Responsável pelo Ambulatório de leishmanioses da Divisão de Clínica de Moléstias
Infecciosas e Parasitárias, do Hospital das Clínicas, da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Mestre e Doutor em Medicina, em Doenças Infecciosas e Parasitárias pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Endereçopara correspondência: Dr. Valdir Sabbaga Amato, Divisão de Clínica de Moléstias Infecciosas e Parasitárias, do Hospital das Clínicas, da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Avenida Dr. Enéas de Carvalho Aguiar 255, 4 andar, Cerqueira César, 05403010, São Paulo-SP. Tel: 11- 3069-6530, Fax : 11- 3256-2389 e-mail: valdirsa@netpoint.com.br

2

Glucantime®12.

Atualmente aapresentação do Glucantime®, antimonial

utilizado no Brasil, é em frascos de 5ml, contendo 81mg de Sbv (antimônio pentavalente) por ml. A dose para tratamento deve ser calculada baseando-se no conteúdo de Sbv em cada ampola, nunca ultrapassando a dose de três ampolas/dia, ou seja, 15ml/dia.

1.2 Os

Mecanismo de ação antimoniais pentavalentes parecem atuar no mecanismo

bioenergético das formasamastigotas da leishmânia, através de gllcólise e beta-oxidação que ocorrem nas organelas denominadas glicossomas. Outro mecanismo aventado é o de ligação com sítios sulfidrílicos, deflagrando a morte destes protozoários4.

1.3

Posologia e vias de administração 13 14.

As recomendações terapêuticas para o tratamento da LTA, segundo o Ministério da Saúde, são: Lesões cutâneas localizada edisseminadas: 15mg/Sbv/kg/dia, durante 20 dias seguidos. Na forma cutânea difusa, embora as recidivas sejam invariavelmente freqüentes, a dose é de 20mg/Sbv/kg/dia, durante 20 dias seguidos. Lesões mucosas: 20mg/Sbv/kg/dia, durante 30 dias seguidos. A aplicação dos antimoniais deve ser por via intramuscular(IM) ou endovenosa. A aplicação IM deve ser em região glútea e pode haver dor local.

3 Porvia endovenosa, a aplicação deve ser com agulha fina, lentamente (duração de 5 minutos), e sem diluição.

1.4 adversos.

Monitoramento de toxicidade, contra-indicações, eficácia e efeitos

Antes da utilização do antimonial, deve-se realizar eletrocardiograma, dosagem sérica de uréia e creatinina, enzimas hepáticas e leucograma. Durante o tratamento, o eletrocardiograma deve ser realizadoduas vezes por semana, e o demais exames, ao menos uma vez por semana 13 14. Contra-indicações ao uso dos antimoniais, são: gestantes, portadores de cardiopatias, nefropatias e hepatopatias13. Quanto às nefropatias, deve ser ressaltado que os antimoniais pentavalentes não são dialisáveis, ocorrendo acúmulo em indivíduos com clearance de creatinina rebaixado e, portanto, podendo levar a arritmiasgraves. As variações da eficácia terapêutica dos antimonias pentavalentes na LTA, podem ser conseqüência de: diferentes esquemas posológicos utilizados nos diversos estudos; resultados terapêuticos não homogêneos em diferentes regiões geográficas, e falta de padronização do conteúdo de Sbv em cada lote do antimoniato de N-metil glucamina18. Outros fatores relacionados à eficácia terapêutica dos...
tracking img