Slide

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4216 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FUNDAMENTOS TEORICOS E METODOLOGICOS DE SERVIÇO SOCIAL II

.

BRASÍLIA-DF
 
Os Encontros Regionais de Araxá

Os documentos dos Seminários de Araxá, Teresópolis e Sumaré foram fenômenos da história do Serviço Social, a reflexão onde base e prática daquele momento, foi produto de estudos de um pequeno grupo que passou porvárias regiões para ser analisado e para que dessem suas contribuições no Serviço Social.
Nos Encontros Regionais de Araxá, tiveram como objetivo opinar na validade teórica do documento e nos aspectos que faltavam, e reformulações cabíveis. A referência teórica era o positivismo, e estudar a possibilidade de Teorização do Serviço Social.
A ideia era encontrar uma base no que já existia, ou seja,transformar o que já se conhecia, olhar os fatos e organizá-los. Em relação ao Serviço Social, seria reexaminar os conceitos e corrigir suas distorções.
No E.R os assistentes discutiram sobre o problema de descuido dos profissionais em relação à teorização.
A análise do relatório do ER de Araxá foi um processo de análise crítica onde às ideias ocasionaram estudos e reflexões, as formulaçõesteóricas eram inseguras, sendo necessárias criações de novos métodos do Serviço Social.
O ponto alto do Documento de Araxá para o Encontro Regional era a interferência do Serviço Social na realidade com base filosófica. As ideias teóricas são válidas devido ao reconhecimento, prevenção, correção e promoção do Serviço Social em relação aos objetivos e funções, que é o planejamento e atendimento àclientela.
A natureza do Serviço Social levantou questões do surgimento com arte (este ficou em aberto) ou ciência, levando em considerações como arte, devido a valores estáticos, e como ciência, o fato de que o Serviço Social é uma ciência aplicada, autônoma.
Como técnica social, pois havia uma influência no comportamento, pois atua junto aos grupos humanos de acordo com suas diferentes situações,apesar de ser uma técnica que sofre adaptações e não garante um re3sultdo específico para determinado tipo de interjeições.
Como prática institucionalizada, a atuação junto a indivíduos com problemas familiares e sociais, a preocupação estava com o meio para modificar o quadro social.
Na história do Serviço Social no Documento de Araxá a imagem de assistencialismo formado devida a condiçõessociais, históricas e políticas, uma imagem devido a barreiras políticas. O Serviço Social surgiu da prestação de serviços assistencial, e no Brasil, sua história depende da história de ouros países, com conceitos e métodos.
Os caracteres do Serviço Social foram reconhecidos pelo ER como corretivos, preventivos e promocionais. O corretivo inclui ideia de promoção e os caracteres preventivos epromocionais não possui o mesmo sentido de corretivo na atuação de nível macro e microestrutura, ao antecipar os acontecimentos, o Serviço Social tem caráter preventivo.
O objetivo do Serviço Social não é um fundamental, pois era necessário ir além da contemplação de assistentes sociais; havia uma comparação com o objetivo da Declaração dos Direitos dos Homens, porém ambos se referiam a realizaçõeseconômicas, sociais, culturais e morais na vida do homem.
Os resultados da atuação do assistente social frente ao objetivo ficaram em aberto, pois dependia das aptidões que devem ser respeitadas, de um estudo antecipado do assunto a ser tratado, de meios para atualizações, de cooperações dos profissionais e outros.
Relativo à Política Social no Brasil, a atuação social é uma meta a ser atingida; oServiço Social na política se depara com uma série de impedimentos para uma melhor atuação, o que é válido teoricamente, na prática não há condições de aplicar a atuação globalmente, pois não há preparo de consciência política social dos profissionais para o enriquecimento e melhor adequação de comunicação entre os mesmos.
Havia uma preocupação dos profissionais e Escolas de Serviços Sociais na...
tracking img