Skinner

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1824 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
SciELO - Scientific Electronic Library Online


vol.20 issue1News: Josef Brozek (1913-2004): we are all heirsNews: Wilma da Costa Torres (1934-2004): pioneer in the studies about death in Brazil author indexsubject indexarticles search Home Pagealphabetic serial listing

Services on Demand
Article

* pdf in Portuguese
* Article in xml format
* Article references
*How to cite this article
* Curriculum ScienTI
* Automatic translation
* Send this article by e-mail

Indicators

* Have no cited articlesCited by SciELO
* Access statistics

Related links

* Have no similar articlesSimilars in SciELO

Bookmark

*
Share on deliciousShare on googleShare on twitterShare on diggShare on citeulikeShare onconnotea|More Sharing ServicesMore

* Permalink

Psicologia: Teoria e Pesquisa
Print version ISSN 0102-3772
Psic.: Teor. e Pesq. vol.20 no.1 Brasília Jan./Apr. 2004
http://dx.doi.org/10.1590/S0102-37722004000100014

Notícia: Centenário de B. F. Skinner (1904-1990): uma ciência do comportamento humano para o futuro do mundo e da humanidade1



News: Centennial for B. F. Skinner (1904-1990):a science of human behavior toward a world and humanity's future





Rachel Nunes da Cunha2; Luciana Patrícia Silva Verneque3

Universidade de Brasília







O primeiro número do volume 20, referente ao ano de 2004, da revista Psicologia: Teoria e Pesquisa, registra o centenário de B. F. Skinner, o fundador da Análise Experimental do Comportamento e do Behaviorismo Radical.Esse registro é uma homenagem ao eminente psicólogo, considerado um dos mais importantes pensadores e cientistas do século XX.

Skinner, nasceu Burrhus Frederic Skinner, aos vinte dias de março de 1904, na pequena cidade rural, Susquehanna, no Estado da Pennsylvania. Concluiu o segundo grau em 1922, no colégio Susquehanna High School e, no mesmo ano iniciou os estudos universitários, no HamiltonCollege, em Clinton, New York. Graduou-se em literatura inglesa e línguas românicas, em 1926. Depois de formado, Skinner pensou em seguir a carreira de escritor, idéia que foi abandonada e, em 1928, decidiu-se pelo curso de pós-graduação em psicologia, para o qual se inscreveu no programa de Psicologia Experimental, em Harvard University. Obteve os títulos de Master e PhD, em 1930 e 1931,respectivamente. Após o doutoramento, permaneceu em Harvard, até 1936, com um apoio financeiro para fazer pesquisas. Ainda em 1936, ele se mudou para Minneapolis, para assumir as atividades de professor e de pesquisador na University of Minnesota, iniciadas no ano letivo de 1937. Na University of Minnesota, Skinner encontrou espaço livre para ensinar e pesquisar o behaviorismo que ele vinha desenvolvendodesde os tempos de Harvard. Em Minneapolis, ele conheceu Yvonne Blue, com quem se casou e teve duas filhas, Julie e Deborah.

Em 1945, tornou-se chefe do Departamento de Psicologia da Indiana University; onde Skinner começou a trabalhar nos manuscritos do Verbal Behavior e do Walden II, publicados em 1957 e 1948, respectivamente. Em 1948, ele retornou a Harvard, como convidado para pesquisar eensinar naquela Universidade, onde permaneceu até a sua aposentadoria, em 1974, aposentou-se como Harvard's Edgar Pierce Professor of Psychology.

Sem nenhuma dúvida, Skinner foi um dos mais influentes psicólogos do século XX, ou seja, da psicologia científica moderna. Estabeleceu as bases metodológicas para o estudo científico do comportamento de organismos não humanos, em laboratório, semperder de vista o comportamento humano, seja ele simples ou complexo, do indivíduo só ou em grupo, enfim, de todas as possibilidades da ação humana. Skinner desenvolveu também instrumentos básicos para o estudo sistemático das relações comportamentais do organismo com o seu meio ambiente. Nesse sentido, uma metodologia foi desenvolvida e denominada de Análise Experimental do Comportamento. O...
tracking img