Sitens

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3229 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Respiração celular

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Ir para: navegação, pesquisa
Respiração celular é o processo de conversão das ligações químicas de moléculas ricas em energia que pode ser usada nos processos vitais.Ela pode ser chamada de processo de fermentação. A respiração celular é o processo de obtenção de energia mais utilizado pelos seres vivos. Na respiração, ocorre alibertação de dióxido de carbono e energia e o consumo de oxigénio e glicose, ou outra substância orgânica. A organela responsavel por essa respiraçao é a mitocondria.Essa organela alem de realizar a respiraçao tambem é responsavel pela produçao de energia.
Do ponto de vista da fisiologia, respiração é o processo pelo qual um organismo vivo troca oxigénio e dióxido de carbono com o seu meio ambiente.
Doponto de vista da bioquímica, respiração celular é o processo de conversão das ligações químicas de moléculas ricas em energia que possa ser usada nos processos vitais.
O processo básico da respiração celular é a oxidação da glicose, que se pode expressar pela seguinte equação química:
C6H12O6 + 6O2 → 6CO2 + 6H2O + energia
ou
Nutrientes (energia química) + O2 → CO2 + H2O + Energia(algumaque se perde sob a forma de calor e outra parte armazena-se sob a forma de ATP)
Este artigo centra-se nos fenómenos da respiração celular, que se processa segundo duas sequências básicas:
Glicose e Oxidação do piruvato através de um de dois processos:
• Respiração aeróbica
• Respiração anaeróbica


[editar] O Processo

Visto que a respiração celular é considerada uma espécie de combustão,sabe-se que é necessária a mobilização de três agentes básicos: combustível, comburente e energia de ativação. Tanto em vegetais como em animais o combustível é, freqüentemente, a glicose, ou outros açúcares, que, no caso dos vegetais, são provenientes da fotossíntese. Além de açúcares, o organismos também estão sempre aptos a utilizarem-se de gorduras, acumuladas neste.
A respiração aeróbia é umconjunto de reações bioquímicas em que o oxigênio é um aceptor final de elétrons e ao longo do qual a energia de moléculas orgânicas é, em parte, transferida para moléculas de ATP.
Os tecidos vivos libertam dióxido de carbono gasoso que resulta da reação de descarboxilação de metabolitos por ação de enzimas especificas - as descarboxilases. Simultaneamente, ocorrem reações de oxidação pordesidrogenação. As desidrogenases catalisam a desidrogenação do substrato que fica assim oxidado. A presença desse hidrogênio pode ser detectada experimentalmente, utilizando uma substância que facilmente se combine com ele, como o azul-de-metileno.
O azul-de-metileno pode encontrar-se sob duas formas: oxidado (cor azul) e reduzido (incolor).
Durante a respiração os compostos orgânicos, nomeadamente aglicose, são oxidados, sendo o hidrogênio recebido por um aceptor, que neste processo experimental irá ser o azul-de-metileno.
Nas condições naturais da célula viva, o oxigênio desempenha a função do azul-de-metileno na experiência, ou seja, é o aceptor do hidrogênio, formando com ele água.
Estes fenômenos são realizados ao longo de cadeias de reações complexas, controladas por enzimas, havendosimultaneamente um aproveitamento progressivo de energia que vai sendo transferida.
|    |Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo. |
|[pic] |Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior. |


Na linguagem vulgar, respiração é o ato de inalar e exalar aratravés da boca ou das cavidades nasais para se processarem as trocas gasosas ao nível dos pulmões; este processo encontra-se descrito em ventilação pulmonar.
Do ponto de vista da fisiologia, respiração é o processo pelo qual um organismo vivo troca oxigénio e dióxido de carbono com o seu meio ambiente.
Do ponto de vista da bioquímica, respiração celular é o processo de conversão das ligações...
tracking img