Sistemas operacionais respostas dos captulo7

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1567 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Capítulo 7 – Sincronização e Comunicação entre Processos
1.
 
Defina o que é uma aplicação concorrente e dê um exemplo de sua utilização.
É uma aplicação estruturada de maneira que partes diferentes do código do programa possam executar concorrentes mente. Este tipo de aplicação tem como base a execução cooperativa de múltiplos processos ou threads, que trabalham em uma mesma tarefa na buscade um resultado comum.
 2.
 
Considere uma aplicação que utilize uma matriz na memória principal para a comunicação entre vários processos concorrentes. Que tipo de problema pode ocorrer quando dois ou mais processos acessam uma mesma posição da matriz?
Caso não haja uma gerência no uso concorrente dos recursos compartilhados, inconsistências nos dados podem ocorrer.
 3.
 
O que é exclusãomútua e como é implementada?
É impedir que dois ou mais processos acessem um mesmo recurso simultaneamente. Para isso, enquanto um processo estiver acessando determinado recurso, todos os demais processos que queiram acessá-lo deverão esperar pelo término da utilização do recurso
 4.
 
Como seria possível resolver os problemas decorrentes do compartilhamento da matriz, apresentadoanteriormente, utilizando o conceito de exclusão mútua?
Garantindo na aplicação que somente um único processo pode estar acessando a matriz por vez.
 5.
 
O que é starvation e como podemos solucionar esse problema?
Starvation é a situação onde um processo nunca consegue executar sua região crítica e, conseqüentemente, acessar o recurso compartilhado. A solução para o problema depende de estabelecimentosde mecanismos de acesso pelo sistema operacional que garantam o acesso ao recurso por todos os processos que solicitarem uso.
 6.
 
Qual o problema com a solução que desabilita as interrupções para implementar a exclusão mútua?
Essa solução apesar de simples, apresenta algumas limitações. Primeiramente, a multiprogramação pode ficar seriamente comprometida, já que a concorrência entreprocessos tem como base o uso de interrupções. Um caso mais grave poderia ocorrer caso um processo desabilitasse as interrupções e não tornasse a habilitá-las. Nesse caso, o sistema, provavelmente, teria seu funcionamento seriamente comprometido.Em sistemas com múltiplos processadores, esta solução torna-se ineficiente devido ao tempo de propagação quando um processador sinaliza aos demais que asinterrupções devem ser habilitadas ou desabilitadas. Outra consideração é que o mecanismo de clock do sistema é implementado através de interrupções, devendo esta solução ser utilizada com bastante critério.
 7.
 
O que é espera ocupada e qual o seu problema?
Na espera ocupada, toda vez que um processo não consegue entrar em sua região crítica, por já existir outro processo acessando o recurso, oprocesso permanece em looping, testando uma condição, até que lhe seja permitido o acesso.Dessa forma, o processo em looping consome tempo do processador desnecessariamente, podendo ocasionar problema são desempenho do sistema. 
8.
 
Explique o que é sincronização condicional e dê um exemplo de sua utilização.
Sincronização condicional é uma situação onde o acesso ao recurso compartilhado exige asincronização de processos vinculada a uma condição de acesso. Um recurso pode não se encontrar pronto para uso devido a uma condições específica. Nesse caso, o processo que deseja acessá-lo deverá permanecer bloqueado até que o recurso fique disponível. Um exemplo clássico desse tipo de sincronização é a comunicação entre dois processos através de operações de gravação e leitura em um buffer.
 9. 
Explique o que são semáforos e dê dois exemplos de sua utilização: um para a solução da exclusão mútua e outro para a sincronização condicional.
Um semáforo é uma variável inteira, não negativa, que só pode ser manipulada por duas instruções: DOWN e UP. Veritens 7.7.1 e 7.7.2.
 
10.
 
Apresente uma solução para o problema dos Filósofos que permita que os cinco pensadores sentem à...
tracking img