Sistemas abertos e fechados

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1045 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FATEJ – Faculdade de Tecnologia de Jaraguá do Sul Tecnologia em Marketing 1ª Série

Comportamento Organizacional ATPS – 1ª Etapa

Altair Diego Sadi Terres da Silva – RA Thaís Fernanda Kieuteka – RA 1107325158

Jaraguá do sul, 18 de abril de 2011

Para MORGAN (1996), organizações são instrumentos criados para atingirem outros fins. Comportamento organizacional consiste no estudosistemático do

comportamento humano, focando as ações e atitudes dos indivíduos e dos grupos no ambientes das organizações, para identificar causas e razões que impulsionaram determinados acontecimentos, assim como prever reações a eventos futuros e monitorar, na medida do possível, o comportamento humano, visando alcançar produtividade, reduzir absenteísmo e a rotatividade, promover a cidadaniaorganizacional e gerar eficácia. Segundo CHIAVENATO (2010), o estudo do comportamento organizacional retrata a contínua interação entre pessoas e organizações que se influenciam reciprocamente. As teorias organizacionais descrevem como funcionam as organizações, sendo a Teoria dos Sistemas Gerais formulada e desenvolvida pelo economista Kenneth Boulding e pelo biólogo Ludwig Von Bertalanffy, criada porvolta de 1950, com o objetivo básico de sintetizar as idéias comuns a várias disciplinas. CARAVANTES (2009) explica que um sistema é qualquer entidade, conceitual ou física, composta de partes inter-relacionadas, interatuantes ou interdependentes, dotadas de um objetivo. Quanto à sua natureza, os sistemas podem ser abertos ou fechados:  Sistemas abertos: são os sistemas que apresentam relaçõesde intercambio com o ambiente, através de entradas e saídas.  Sistemas fechados: são sistemas que não apresentam intercambio com o meio que os circunda, pois são herméticos a qualquer influencia ambiental. Todo e qualquer sistema aberto apresenta os seguintes elementos ou componentes (CARAVANTES, 2009): 1. Insumos: entrada, energia importada para o funcionamento do sistema: recursos materiais,humanos, financeiros e tecnológicos; 2. Processamento: estruturação da organização que permita transformar os insumos em exsumos. 3. Exsumos: produtos. Os insumos, após serem processados, serão

transformados em exsumos, o produto final. 4. Entropia: o organismo vive e cresce durante um período de tempo, mas está sujeito à deterioração e morte. A organização planejada, ou social, que podecontinuar a importar novos componentes humanos e outros recursos de forma

a

continuar

seu

funcionamento,

pode

ser

capaz

de

compensar

indefinidamente o sistema de entropia. 5. Homeostase: é o oposto da entropia. No organismo humano é automático, sempre que há um distúrbio no sistema (doença) o organismo tende a gerar anticorpos para equilibrar. Nas organizações não é umprocesso automático, portanto é necessário criar dispositivos corretivos para o equilíbrio sempre que algo não está de acordo com o previsto. 6. Retroalimentação: feedback. Como a organização interage com o ambiente, é necessário que ela tenha mecanismos que captem qual o impacto que ela causa, de modo a manter ou alterar seu desempenho futuro. 7. Decomposição do sistema em subsistema: uma empresaconsiderada como sistema é composta de vários subsistemas – os departamentos – que por sua vez são compostos de outros subsistemas – as seções – e assim por diante. As organizações são quase sempre hierárquicas em sua estrutura de subsistemas. Já segundo CHIAVENATO (2010), as organizações como sistemas abertos apresentam as seguintes características: 1. Importação e exportação: a organizaçãoimporta recursos, materiais e energias necessários para abastecer suas operações e exporta os produtos ou serviços que produz. 2. Homeostasia: é a tendência de o sistema aberto permanecer em um equilíbrio dinâmico. A despeito de todas as interações que sofre e as variações que ocorrem no ambiente o sistema é frequentemente renovado e conserva-se constantemente no mesmo estado (auto-regulação). 3....
tracking img