Sistema toyota de produção - as 7 perdas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 7 (1707 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 12 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sistema Toyota de Produção – As 7 Perdas



Acadêmicos


Antônio Rudinei da Silva Souza


Cléber Souza da Silva

Professor- Tutor Externo Sr. Leonardo Jacques
Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI
Logística (LOD 0076) – Prática do Módulo I
10/06/2011



RESUMO


Com este estudo buscamos apresentar uma das finalidades do sistema Toyota de Produção, que é acompleta eliminação do desperdício, assim visando com estes conhecimentos à eliminação de gastos desnecessários e as demais vantagens da utilização deste sistema. Baseando se em pesquisas de livros e sites, conseguimos demonstrar os conceitos básicos deste processo, chegando assim ao resultado de que os 07 desperdícios é uma ferramenta disponível não só para minimizarmos custos, mas também paraorganizar o fluxo de produção e identificar possíveis falhas, porém deve-se analisar o processo como um todo, pois em muitos casos a utilização incorreta desta ferramenta acaba ocasionando um resultado negativo, diferente do esperado.


Palavras-chave: Produção, desperdícios e melhorias.



1 INTRODUÇÃO


O sistema Toyota de produção surgiu no Japão, na fabrica de automóveis Toyota, logoapós a Segunda Guerra Mundial, objetivava aumentar a eficiência da produção pela eliminação de desperdício. Criado pelo fundador da Toyota e mestre de invenções, Toyoda Sakichi, seu filho Toyoda Kiichiro e o principal executivo o engenheiro Taiichi Ohno. Nesta época a indústria Japonesa tinha uma produtividade muito baixa e uma considerável falta de recursos, o que naturalmente a impedia de adotaro modelo da produção em massa.


O sistema de produção em massa desenvolvido por Frederick Taylor e Henry Ford no inicio do século XX predominou no mundo até a década de 90. Procurava reduzir os custos unitários dos produtos através da produção em larga escala, especialização e divisão do trabalho. Entretanto este sistema tinha que operar com grandes estoques e lotes de produção. Nestaépoca não havia grande preocupação com a qualidade do produto.


Já no sistema Toyota de produção, os lotes de produção são pequenos, permitindo uma maior variedade de produtos. Exemplo: em vez de produzir um lote de 50 carros brancos, produz-se 10 lotes com 05 veículos cada, com cores e modelos variados. Os trabalhadores são multifuncionais, ou seja, conhecem outras tarefas além de suaprópria e sabem operar mais que uma única máquina. No sistema Toyota de produção a preocupação com a qualidade do produto é extrema.


A base do sistema Toyota de produção é a absoluta eliminação de desperdício. (TAIICHI OHNO, 1988).




2 SETE DESPERDÍCIOS


A verdadeira melhoria na eficiência surge quando produzimos zero desperdício e levamos a porcentagem de trabalho para100%. Uma vez que no sistema Toyota de produção, devemos produzir apenas a quantidade necessária, a força de trabalho deve ser reduzida para cortar o excesso de capacidade e corresponder à quantidade necessária.
O passo preliminar para a aplicação do sistema Toyota de produção é identificar completamente as perdas:
• Superprodução.
• Espera.
• Transporte.
•Processamento demasiado.
• Estoque disponível (inventário).
• Movimentação
• Produção de peças e produtos defeituosos



2.1 DESPERDICIO POR SUPERPRODUÇÃO



De todos os desperdícios, o desperdício por superprodução é o mais danoso. Ele tem a propriedade de esconder os outros desperdícios e é o mais difícil de ser eliminado.
Existem dois tipos de desperdícios porsuperprodução.
- Desperdício por produzir de mais (superprodução por quantidade).
- Desperdício por produzir antecipadamente (superprodução por antecipação).


2.1.1 Desperdício por superprodução por quantidade



É a perda por produzir além do volume programado ou requerido (sobram peças/ produtos). Este tipo de perda está fora de questão quando se aborda a super...
tracking img