Sistema nervoso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (260 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PARASITISMO





É a associação entre os seres vivos, na qual existe unilateralidade de benefícios,ou seja, o hospedeiro é espoliado pelo parasito, pois fornece alimentos eabrigo para este. De modo geral, essa tende para o equilíbrio pois a morte do hospedeiro é prejudicial para o parasito. Assim, nas espécies em que essa associação vem sendo mantida hámilhares de anos, raramente o parasito leva o hospedeiro à morte. Há uma espoliação constante, mas insuficiente para lesar gravemente o hospedeiro natural do Tripanosoma Cruzi, raramentemorrer devido a esse parasitismo. Já no homem, o cão ou o gato frequentemente morrem quando adquirem a doenças de Chagas. Em zona endêmica de malaria, o numero de mortes (letelidade) napopulação autóctone é muito baixo; entretanto, quando pessoas de fora entram nessa zona, adquirem a doença na sua forma mais patogênica. Essas situações, nos permitem entender por queapesar de no parasitismo, de modo geral, haver um equilíbrio entre parasito e hospedeiro, frequentemente tem havido casos graves ou epidemias de parasitoses. É que, pela alteração do meioambiente, concentração populacional e baixas condições propicias para a multiplicação do parasito ou do vetor junto a uma população suscetível.

Portanto, para existir doençaparasitária, há necessidade de alguns fatores:

• Inerentes ao parasito: números de exemplares, tamanho, localização, virulência, metabolismo,etc;
• Inerentes ao hospedeiros: idade, nutriçã,nível de resposta imune, intercorrenciade outras doenças, hábitos, uoso de medicamentos,etc.

Da combinação desses fatores poderemos ter “doente”, portador assintomático, “nãoparasitado”.






















TRABALHO

DE

PARASITOLOGIA






Faculdade de Medicina de Campos
Aluna: Mirielle da Silva Viana
3ª Período de Farmácia
tracking img