Sistema nervoso central

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1269 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE ANHANGUERA DE RIO CLARO

CURSO: FISIOTERAPIA

DISCIPLINA: NEUROANATOMIA


SISTEMA NERVOSO CENTRAL

Índice

• Sistema Nervoso Central ----------------------------------------------------- 03

• Particularidades da embriologia do Sistema Nervoso Central ------ 05

• Patologias que acometem o sistema nervoso central ------------------- 06

•Possibilidades e atuações do profissional da fisioterapia frente às patologias associadas ao Sistema Nervoso Central -------------------- 09

Sistema Nervoso Central

O Sistema Nervoso tem a capacidade de receber, transmitir, elaborar e armazenar informações. Recebe informações sobre mudanças que ocorrem no meio externo, isto é, relaciona o indivíduo com seu ambiente e inicia e regula as respostasadequadas. Não somente é afetado pelo meio externo, mas também pelo meio interno, isto é, tudo que ocorre nas diversas regiões do corpo. As mudanças no meio externo são apreciadas de forma consciente, enquanto as mudanças no meio interno não tendem a ser percebidas conscientemente.
Com a denominação de sistema nervoso compreendemos aquele conjunto de órgãos que transmitem a todo o organismoos impulsos necessários aos movimentos e às diversas funções, e recebem do próprio organismo e do mundo externo as sensações.
O sistema nervoso é dividido em central e periférico.
O Sistema Nervo Central é um termo muito geral, que reúne todas as estruturas neurais situadas dentro do crânio e da coluna vertebral. É formado por medula espinhal, que é um cordão nervoso localizado nointerior da coluna vertebral. Da medula partem as raízes nervosas, mede aproximadamente 45 cm de comprimento e 1 cm de diâmetro. Na parte superior está ligada ao bulbo e no seu interior a substância cinzenta forma um H no centro da substância branca. É denominada de Encéfalo a porção do sistema nervoso contido dentro do crânio e que compreende o cérebro, cerebelo, a protuberância e o bulboraquidiano.
O cérebro constituí a porção mais volumosa do encéfalo, pesando num adulto cerca de 1200 gramas. Está parcialmente dividido por um sulco mediano profundo, que individualiza duas partes simétricas - os hemisférios cerebrais. Cada hemisfério é percorrido à sua superfície, por inúmeros sulcos, que formam vários lobos e circunvoluções cerebrais. Estas circunvoluções permitem um enormeaumento da área cerebral.
O cerebelo situa-se na parte posterior do encéfalo. É uma massa nervosa que pesa cerca de 150 gramas no homem adulto e na qual é possível identificar três lobos: um meridiano e dois laterais.
O bolbo raquidiano tem cerca de 3 cm de comprimento e situa-se no interior do crânio. Prolonga-se pelo canal raquidiano, estabelecendo a ligação entre o encéfalo e a medulaespinal.

[pic]
O sistema nervoso central provém de articulações, pele, músculos esqueléticos, sendo conjuntamente denominada aferência somática. Já as aferências viscerais enviam informações das vísceras ao sistema nervoso central. Pode ser comparados a um supercomputador, capaz de processar um número enorme de bits de informações, provenientes de diferentes órgãos sensoriais e,então, determinar a resposta a ser executada pelo organismo.

[pic]

É vital para a sobrevivência e resistência humana. Pois sabemos que é ele que comanda todos os outros sistemas e órgãos do ser humano sua complexidade tanto na parte estrutural física, quanto na parte estrutural de sensibilidade. É ele que administra o corpo humano através de uma complexa rede de nervos e neurônioscapazes de dar todos os movimentos e funções do corpo em um período de tempo muito curto. Como por exemplo o ato de piscar os olhos.
Na morfologia cerebral distingue-se uma primeira separação em dois grandes hemisférios cortados por uma linha profunda, a fissura sagital. Na superfície de cada um desses hemisférios existem dois outros cortes, a fissura, ou sulco lateral, e sulco central....
tracking img