Sistema nervoso animal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1910 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sistema nervoso

A vida de relações de um indivíduo, isto é, os seus relacionamentos com outros indivíduo se com o ambiente que o cerca, a possibilidade de receber os estímulos externos e de saber responder a esses de maneira adequada, a capacidade de aprendizagem, de pensamentos e de idealizações dependem da mais refinada e complexa das estruturas que o organismo possui: o sistema nervoso.Todos os animais possuem sistema de transmissão nervosa, alguns rudimentares, mas não existem diferenças significativas nas estruturas fundamentais: a conformação das células nervosas é similar em todas as espécies viventes e também os mecanismos de comunicação nervosa não são essencialmente diferentes.
A unidade básica do sistema nervoso é a célula nervosa, denominada neurônio, que possui duaspartes funcionais muito importantes, que são os axônios e as conexões sinápticas. O que muda, passando de um organismo simples para um mais complexo, é o número das células nervosas e a organização sempre mais complexa das mesmas células em estruturas especializadas. No homem, o sistema nervoso atingiu o nível mais alto de especialização, é tanto que a compreensão de algumas funções psíquicassuperiores, entre as quais a memória e o pensa-mento, estão sendo ainda pesquisadas.

Células nervosas

O neurônio, a célula comum a todo e qualquer sistema nervoso existente no reino Animalia, assemelha-se, em sua função, a um fio condutor de eletricidade.
Um neurônio típico apresenta três partes distintas: corpo celular, dendritos e axônio.




• No corpo celular, a parte mais volumosa dacélula nervosa, se localizam o núcleo e a maioria das estruturas citoplasmáticas.
• Os dendritos (do grego dendron, árvore) são prolongamentos finos e geralmente ramificados, que conduzem os estímulos captados do ambiente ou de outras células em direção ao corpo celular.
• O axônio é um prolongamento fino, geralmente mais longo que os dendritos, cuja função é transmitir para as outras células osimpulsos nervosos provenientes do corpo celular.

O aumento da complexidade do sistema nervoso

A coordenação nervosa dos animais pluricelulares surge pela primeira vez nos cnidários e é representada por um tecido formado por células nervosas que se organizam como uma rede. Tocando-se uma hidra com uma pequena agulha em determinado ponto do corpo, o impulso nervoso gerado se propagacomo uma onda. Não existe um centro de comando do organismo.
Com o aparecimento de animais de simetria bilateral, há duas novidades: uma cabeça (cefalização) e acentralização do sistema nervoso. A cabeça passa a abrigar a porção mais desenvolvida do sistema nervoso. A planária, por exemplo, um platelminto, inicia-se uma central de coordenação do organismo, na forma de massas globosas, osgânglios cerebróides, que atuam como um “cérebro”. Os movimentos já são mais coordenados e as respostas, mais controladas e eficientes.
Nos anelídeos e artrópodes, além das centrais representadas pelos gânglios “cerebrais”, existem gânglios segmentares na região ventral do corpo, constituindo um sistema de coordenação do organismo mais eficiente, ampliando a capacidade de resposta frente aos estímulosambientais.
Nos moluscos, a coordenação nervosa continua a ser feita por um sistema ganglionar, nos mais complexos, como polvos e lulas, há verdadeiros “cérebros” controladores das atividades dos animais, que são capazes de executar ações altamente complexas, como, por exemplo, o reconhecimento da forma de objetos e de cores.
Nos vertebrados o sistema nervoso é muito mais elaborado e complexo. Otubo nervoso central sobre considerável aperfeiçoamento desde os grupos mais simples até os mais complexos, formando-se órgãos especializados no controle de diversas funções sensoriais e motoras facilitando o ajuste do organismo desse animal aos mais diversos meios.
Foi no homem, porém, que o sistema nervoso atingiu o máximo em complexidade, dotando-nos de uma característica inexistente nos...
tracking img