Sistema kanban

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3363 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CURSO DE AUXILIAR DE LOGISTICA

TRABALHO DE SISTEMA KANBAN

MANAUS-2012
CURSO DE AUXILIAR DE LOGISTICA
JUCILANE
LUANA
Mª GREICE
Mª JAYNE
MARIANA
WILCILANE

TRABALHO DE SISTEMA KANBAN

Trabalho solicitado para obtenção de nota parcial na disciplina de Logística, ministrada pelo Prof. David da Silva Queiroz, do CETAM – Centro de Educação Tecnológica do Amazonas.

MANAUS-2012
INTRODUÇÃO

AHistória de um Sistema Kanban
Um dos aspectos mais interessantes dos métodos ágeis é sua estruturação conceitual. Oficialmente são quatro declarações de valor que nos inspiram, um pequeno conjunto de princípios que nos guiam e uma grande quantidade de métodos que nos ajudam a estabelecer "como" as coisas devem ser feitas. Cada método estabelece seu próprio conjunto de pressupostos e práticas. E é comumequipes de projeto adotarem práticas de diferentes métodos enquanto os adaptam às suas realidades.
Depois de quase cinco anos trabalhando com desenvolvimento ágil, nosso dia-a-dia de trabalho nos levou além das fronteiras estabelecidas pelos diversos métodos. Algumas práticas se consolidaram e hoje estão imersas no nosso cotidiano de tal maneira que sem elas, tudo pára. Outras foram vencidas pelonosso processo de adaptação e acabaram em desuso.
Em janeiro desse ano, nosso processo adaptativo cruzou o caminho de uma nova abordagem hoje especialmente defendida e divulgada por David Anderson e Corey Ladas. Essa abordagem usa um kanban como elemento central para fazer fluir todo o trabalho necessário para tirar uma demanda da lista de desejos do cliente, transformando-o em softwarefuncional. O foco do modelo é a entrega de software just-in-time. Isso significa essencialmente entregar o software certo na hora certa e fazer isso repetidamente com o objetivo de diminuir ao máximo o tempo entre a demanda e a entrega, por meio da detecção e eliminação das perdas que ocorrem nesse intervalo. Na prática, essa abordagem abre todas as portas para uma boa implementação Lean e pode ser umaboa opção em determinados tipos de projetos.
CONCEITO DE KANBAN
O kanban é o instrumento utilizado para amortecer as demandas e permitir o estabelecimento do "fluxo" e do "pull system" tão necessários em ambientes que querem se beneficiar do modelo de produção enxuta (Lean). Até aqui não há nada novo. Projetos ágeis de modo geral já se beneficiam do uso de kanbans já a bastante tempo. No entanto,esse modelo extrapola o tradicional quadro de 3 colunas (Pendente, Em andamento e concluído) para um sistema que sinaliza e restringe o trabalho de tal maneira que qualquer "hands-off" é amortecido pelo kanban e "puxado" (ao invés de alocado). O objetivo é estabelecer o fluxo unitário, um fluxo de valor que começa na demanda e finaliza com a entrega efetiva para o cliente. Assim, o desenvolvedorpuxa do backlog de demandas, quem inspeciona puxa do backlog de inspeção, quem faz deploy puxa do quadro de itens resolvidos e por aí vai. O trabalho é primeiro sinalizado e só depois é puxado por quem irá executá-lo, e este só puxa depois que sinaliza o trabalho que acabou de fazer de forma que a próxima etapa do processo possa puxá-lo novamente até que ela chegue ao cliente. Ou seja, quem terminasempre sinaliza o item n e então puxa o n+1.
Nesse modelo, não há iterações. Há um fluxo contínuo de entregas e a previsibilidade dessas entregas se dá com base no SLA (Service Level Agreement) conquistado pela equipe. Para chegar nesse ponto, a equipe precisa medir e controlar seu Lead Time e esse será o principal parâmetro de controle da sua produção. Como não há iterações, o backlog pode seralterado o tempo todo, cartões podem ser removidos, inseridos ou reordenados a qualquer momento.

Já o esquema de priorização se adapta bem a um cenário onde há competição pelo recurso, ou seja, um determinado número de clientes compete pelos mesmos recursos do projeto. Nesse cenário, a tarefa de priorizar não pode ser dos clientes, mas de um elemento intermediador capaz de utilizar diferentes...
tracking img