Sistema inflacionario

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3933 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Política monetária e inflação
A realização de uma política de metas inflacionárias requer não só a explicitação de uma taxa de juro de equilíbrio de longo prazo, ir*, como também a determinação de um nível de renda potencial ou pleno emprego Yn . A introdução desta variável no modelo requer que se estabeleça uma hipótese sobre como a inflação se relaciona com a renda: a hipótese a serconsiderada é a da "curva de Philips aumentada pelas expectativas", segundo a qual ocorrem mudanças na taxa de inflação toda vez que a renda efetiva esteja acima ou abaixo da renda de pleno emprego (Yn ). A fórmula de tal função é dada por

Assim, a inflação se elevará quando o "lag" (Y – Yn) for maior do que zero, e cairá quando for menor, de tal modo que quando Y =Yn , p = p–1. A função (1.7) pode serrepresentada no gráfico 1 como uma vertical ao eixo horizontal, traçada a partir da renda de pleno emprego Yn e que será identificada por CP1p . Considere que em tal gráfico CP1p e DA estejam determinando uma taxa de inflação que pode ser considerada adequada, ou seja, = *, mas que uma elevação em ao, (gasto autônomo), desloque DA para DA1 (ver equação 1.4), fazendo com que Yn se eleve para Y1.Como na nova situação a economia está produzindo além de sua capacidade potencial, os preços começam a se elevar, ao longo DA1, de tal modo que * se altera para l , o que é mostrado pelo deslocamento da linha de ajuste inflacionário de AI para AI1. Neste caso, de acordo com a equação 1.5, haverá uma elevação da taxa de juro real decorrente do aumento do gasto autônomo (ao). No entanto, se *continuar sendo a meta inflacionária ela poderá ser atingida desde que o banco central eleve o valor do parâmetro h0 , em sua "função de reação", determinando um aumento em ir .Tal decisão pode ser refletida no Gráfico 1 mediante um deslocamento de DA1 para a esquerda, (ver equação 1.4) digamos para a antiga posição de DA levando à renda Y0. Nesta situação, de acordo com a hipótese expressa pelaequação (1.7) os preços cairiam até que voltasse para o nível *. De acordo com a equação (1.5), no entanto, a taxa de juro real de equilíbrio (ir*) se estabelecerá em um valor mais elevado, em função do aumento da participação do gasto autônomo na demanda agregada, isto é, pelo aumento de ao. Além disso, se ir* se eleva e a taxa de inflação retorna a *, o banco central deverá estar praticando umataxa nominal de juro mais alta do que na situação em que ao não tinha se elevado.
Em resumo, a análise acima restringe a função da política monetária à determinação apenas de uma meta inflacionária através do controle de DA, não devendo ter nenhum papel ativo na determinação do nível ótimo de produção, que será alcançado sempre a longo prazo, independente da política monetária. Esta hipótesereflete a superneutralidade da moeda. De maneira mais específica, mesmo que em situação de desemprego seja utilizado algum estímulo para abreviar tal ajuste, de acordo com o modelo acima, não compete à política econômica estabelecer uma meta de produção, a qual é determinada pelo lado da oferta da economia através da curva de Philips ampliada pelas expectativas.
A determinação da meta inflacionária
Omodelo exposto anteriormente explicita a lógica e os pressupostos da determinação da variável instrumental, taxa de juro, que permite chegar a uma meta inflacionária. Falta, no entanto, estabelecer a forma pela qual se determina a meta inflacionária. O método geral é a minimização de uma função de perda do banco central, na qual se supõe que variações da inflação em relação a uma metainflacionária e variações do produto em relação ao produto de pleno emprego implicam uma perda para o banco central, a qual deverá ser reduzida a um valor mínimo pela escolha de uma taxa inflacionária específica que será alcançada pela taxa de juro a ser praticada pelo banco central1.
Uma forma alternativa de determinação da variável instrumental, taxa de juro, decorre diretamente de uma regra. A mais...
tracking img