Sistema financeiro nacional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3866 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sumário
Introdução 3

1. O Conselho Monetário Nacional (CMN) 4

1.1 O Banco Central do Brasil - Bacen 4

1.1.1 Instituições financeiras captadoras de depósito à vista 5

1.1.1.1 Bancos múltiplos 5

1.1.1.2 Bancos comerciais 5

1.1.1.3 Caixa Econômica Federal 5

1.1.1.4 Cooperativas de crédito 6

1.1.2 Demais instituições financeiras 6

1.1.2.1Agências defomento 6

1.1.2.2 Associações de poupança e empréstimo 6

1.1.2.3 Bancos de Câmbio 6

1.1.2.4 Bancos de desenvolvimento 7

1.1.2.5 Bancos de investimento 7

1.1.2.6 Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) 7

1.1.2.7 Companhias hipotecárias 8

1.1.2.8 Cooperativas centrais de crédito 8

1.1.2.9 Sociedades de crédito, financiamento e investimento. 81.1.2.10 Sociedades de crédito imobiliário 8

1.1.2.11 Sociedades de crédito ao microempreendedor 9

1.2 A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) 9

1.2.1 Bolsas de mercadorias e futuros 9

1.2.2 Bolsas de valores 10

1.3 Outros Intermediários Financeiros 10

1.3.1 Administradoras de consórcio 10

1.3.2 Sociedades de arrendamento mercantil 10

1.3.3 Sociedadecorretoras de câmbio 10

1.3.4 Sociedades corretoras de títulos e valores mobiliários 11

1.3.5 Sociedades distribuidoras de títulos e valores mobiliários 11

2. Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP) 11

2.1 Superintendência de Seguros Privados (SUSEP) 12

2.1.1 Instituto de Resseguros do Brasil(IRB) 12

2.1.2 Sociedades seguradoras 13

2.1.3 Sociedades decapitalização 13

2.1.4 Entidades abertas de previdência complementar 13

3. Conselho Nacional de Previdência Complementar (CNPC) 13

3.1 Superintendência Nacional de Previdência Complementar (PREVIC) 13

3.1.1 Entidades fechadas de previdência complementar (fundos de pensão) 14

Conclusão 15

Referencias Bibliográficas. 16









Introdução
De acordo com a lei4595/64 que disciplina o Sistema Financeiro Nacional, as Instituições públicas são as pessoas jurídicas publicas ou privadas, que se dedicam a coleta, intermediação e aplicação de recursos financeiros, próprios ou de terceiros.

O Sistema Financeiro Nacional é formado por entidades normativas: o Conselho Monetário Nacional; o Conselho Nacional de Seguros Privados; o Conselho Nacional dePrevidência Complementar. As supervisoras: o Banco central do Brasil; a Comissão de Valores Mobiliários; a Superintendência de Seguros Privados; a Superintendência Nacional de Previdência Complementar. E as entidades operadoras, que vão fazer o encontro entre os superavitários e os deficitários, fazendo circular as finanças.













1. O Conselho Monetário Nacional (CMN)

OConselho Monetário Nacional é o órgão responsável por expedir diretrizes gerais para o bom funcionamento do SFN. Integram o CMN o Ministro da Fazenda (Presidente), o Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão e o Presidente do Banco Central do Brasil. Suas principais atribuições são: adaptar o volume dos meios de pagamento às reais necessidades da economia e de seu processo de desenvolvimento;regular o valor interno e externo da moeda, prevenindo ou corrigindo os surtos inflacionários ou deflacionários de origem interna ou externa e o equilíbrio do balanço de pagamentos, tendo em vista ao melhor utilização dos recursos; orientar a aplicação dos recursos das instituições financeiras, criando condições favoráveis ao desenvolvimento da economia nacional; propiciar o aperfeiçoamento dasinstituições e dos instrumentos financeiros, tendo em vista a maior eficácia do sistema de pagamentos e de mobilização de recursos; zelar pela liquidez e solvência das instituições financeiras; coordenar as políticas monetária, creditícia, orçamentária e da dívida pública interna e externa.


1.1 O Banco Central do Brasil - Bacen

 O Banco Central do Brasil (Bacen) é uma autarquia...
tracking img