Sistema feudal ao capitalismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1485 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE RAIMUNDO MARINHO
CURSO DE SERVIÇO SOCIAL
DICIPLINA: DSHB
TURMA: 3º PERIODO DIURNO
PROFESSORA: FRANQUELINE

CARLA CAROLINE
JANAINA MONTEIRO
LIGIA SOUZA
MAYSA BEZERRA

Brasil Colonial

MACEIÓ
2010

INTRODUÇÃO

Entender como se deram a relação de trabalho, é perceber parte dessa totalidade em que vivemos, contribuindo, participando, autorizando e recusando deferentespráticas sociais. Essa é a exigência feita ao trabalhador-cidadão, tanto em sua vida profissional quanto na própria constituição da sua identidade.
Também podemos perceber a estreita relação existente entre a evolução do mundo material (econômico) e o mundo das idéias e valores da sociedade, acompanhado as mudanças ocorridas na organização do processo de produção, de modo a favorecer a compreensãodas diferentes formas de organização do mundo do trabalho e do valor atribuído a essa atividade, ao longo da história.

RELAÇÕES DO FEUDALISMO AO CAPITALISMO

A desigualdade social presente hoje na sociedade não é um privilégio de nosso tempo, datam relatos históricos de desigualdade desde a idade média.
No século XII ao XIV período do feudalismo, as relações de trabalho eram feitas a partirde uma divisão existente de classes, sacerdotes, guerreiros e trabalhadores, a única fonte de riqueza era as terras agrícolas, que pertenciam aos senhores feudais.Os servos trabalhavam muito e pouco que conseguiam retirar de suas terras mal dava para seu sustento e de família, nesse período não havia nenhum progresso em modernidade, os camponeses produziam tudo que precisavam para eles e seussenhores.
A nobreza feudal, durante os séculos seguintes manteve a cobrança de tributos sobre os mercadores que passaram a transitar por suas terras e, assim preservou seus exércitos, sua moeda e suas leis. Também aumentou o consumo de artigos de luxo provenientes do oriente e, para isso, eliminou gradualmente as relações servis de produção, desobrigando-se de ceder terras a um numero cada vezmaior de servos ao mesmo tempo em que criava um excedente de trabalhadores e transformava obrigações costumeiras em monetárias. Preservou ainda o controle sobre a maioria das cidades, as quais impunha seus tributos e suas leis, e sua influência sobre a igreja e sobre os reis.
No entanto a idade media se organiza segundo o modelo de produção feudal nesse modelo as relações sócias caracterizam-sepor rígida hierarquia entre os senhores – e os servos – aqueles que as cultivavam. A esses últimos cabiam, em troca do trabalho, apenas a parte da produção necessária á subsistência familiar. Os servos deviam obediência aos senhores, mas, diferentemente dos escravos, possuíam direitos á vida e proteção dos senhores em caso de guerras. Á igreja, detentora do saber, competia manutenção dosprincípios de obediência que regulavam essas relações.
O poder dos reis era meramente nominal no período feudal não havia um governo forte Enquanto a sociedade feudal permanecia estática, com relação entre senhor e servo fixado pela tradição, foi praticamente impossível ao camponês melhorar sua condição. A maioria dos senhores havia compreendido que era melhor para seus próprios interesses, darliberdades ao servo e contratar trabalhadores a salários diários, a igreja ainda se manifestava contra a emancipação. A escassez do trabalho dera aos trabalhadores agrícolas uma posição forte, despertando neles um sentimento de poder.
O imobilismo feudal levou-o a destruição a partir das fugas dos servos e do nascimento de uma estrutura dinâmica, comercial, pré-capitalista. Com a intensificação docomércio, os servos libertos saem do campo para os burgos, onde passam a dedicar-se à atividade comercia. No desenvolvimento dessa atividade, eles começam a estabelecer relações mais igualitárias fundadas nos valores do trabalho, da honestidade, da palavra empenhada. Surge então uma nova classe social – a dos burgueses, assim chamados porque viviam nos burgos.
O período da primeira fase do...
tracking img