Sistema de produção toyota

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3415 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de dezembro de 2010
Ler documento completo
Amostra do texto
Just in time

Filosofia de produção que tem o objetivo de fabricar as peças certas, no número certo e na hora certa.
Foi uma idéia inicial de Henry Ford, publicada em seu livro My Life and Work (1922).
Primeiramente adotada pela Ford, e posteriormente pela Toyota como parte do Toyotismo (Toyota Production System).
Nos anos 50 passou à ser aprimorado pelo então engenheiro chefe da Toyota,Taiichi Ohno.

Como surgiu:
Henry idealizou que não compensava comprar materiais excedentes, e sim apenas o necessário para a produção imediata, levando-se em consideração o tempo de transporte.
Assim foi também implementado o sistema “Dock to factory floor”, ou seja, o material ia direto para as linhas de montagem.
No Japão , as empresas não podiam pagar por grandes terrenos para seusgalpões, sendo isso considerado uma desvantagem até os anos 50 por diminuir o “economic lot size”, ou seja o numero de peças idênticas que deveriam ser produzidas pelo valor da reestruturação das maquinas para a produção do novo produto.
Taiichi Ohno a partir dos anos 50, passou a aprimorar o processo implementado por Ford, reduzindo o “retooling” e o “economic lot size”.
O sistema passou a serimplementado nos anos 70 no Japão e 80 nos E.U.A.
Vantagens:
- Menor “Lead Time” na concepção de novos produtos;
- Menos “Lead Time” na manufatura;
- Melhor atendimento ao cliente;
- Menor perda (maior valor agregado ao produto);
- Maior retorno de investimento;
- Reduzir estoques em processo, produtos acabados e eventualmente matérias-primas;
- Reduzir custos de fabricação;
- Gerar espaçosde Fábrica;
- Produzir por métodos que permitam o envolvimento das pessoas (moral, satisfação, desenvolvimento, autocontrole)
- Reduzir o custo e o tempo de transporte dos produtos entre o fornecedor e a empresa solicitante.
Kanban, Como funciona:
- O recebimento de um Kanban dispara o transporte, a produção ou o fornecimento de um determinado produto.
- Não há estocagem de matéria prima.
-A produção emite um sinal para seu fornecedor, alertando que sua matéria prima esta se esgotando. O ordem também pode ser invertida, o fornecedor avisando a produção, sobre o que produzir.
- Este sinal é emitido na forma do uso de um cartão.

Tipos de Processos:
- KANBAN TRANSPORTE:
Produção Estoque
Sinal emitido para que o material seja transferido do estoque para umaárea específica de produção.
- KANBAN PRODUÇÃO:
Estoque Produção
Sinal emitido para que seja iniciada a produção.

Kanban na indústria moderna
5 Regras de Qualidade

Fim dos Estoques ( Inventário): O cliente deve retirar do fornecedor apenas quantidades necessárias para seu processo subseqüente da produção.
O fornecedor deve produzir itens nas quantidades requisitadaspelo cliente.
Qualidade: Produtos com defeitos não devem ser liberados para os clientes.
Principio do “melhoramento contínuo”.
Adaptar-se facilmente as modificações na demanda ( Lead Time).

EVOLUÇÃO DO CONCEITO DE LOGÍSTICA
A logística existe desde os tempos bíblicos, onde os líderes militares já se utilizavam dessa ferramenta na preparação das guerras. Como oscombates eram longos e nem sempre ocorriam próximo às localidades, isto exigia que as tropas carregassem tudo o que iria ser empregado, necessitando de grandes deslocamentos de um lugar para outro.
Para fazer chegar carros de guerra, grandes grupos de soldados e também transportar armamentos pesados aos locais de combate, era necessária uma fantástica organização logística. Envolvia a preparação dossoldados, do transporte, da armazenagem e, principalmente, da distribuição de alimentos, munição e armas, entre outras atividades.
A primeira tentativa de conceituar a Logística foi feita pelo Barão Antoine Henri de Jomini (1779-1869), General do Exército francês sob o comando de Napoleão Bonaparte, que em seu “Compêndio da Arte da Guerra”, a ela se referiu como “a arte prática de movimentar...
tracking img