Sistema de manufatura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1240 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
SISTEMAS FLEXÍVEIS DE MANUFATURA

Sistema de produção em série baseado no fluxo de trabalho por vez, no qual se produz grandes quantidades de uma única peça por vez, com grandes lotes e estoques. Manufatura com pouca variedade de produtos e fabricação sem a necessidade da demanda do cliente.
Este sistema de produção se basear-se na automação rígida.
Sistema de produção baseado na demanda docliente, com pequenos lotes de produção e troca rápida de ferramentas para aumentar a variedades de produtos. Sistema baseado na eliminação total de desperdício. Eliminar desperdícios significa analisar todas as atividades realizadas na fábrica e eliminar aquelas que não agregam valor à produção.

AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL

Automação industrial é a tecnologia referente à aplicação de sistemascomplexos pertencentes aos domínios mecânico, eletrônico e de computação para a operação e o controle da produção.

SISTEMAS FLEXÍVEIS DE MANUFATURA
Sistemas flexíveis de Manufatura são sistemas de produção altamente automatizados, capacitados a produzir uma grande variedade de diferentes peças e produtos, usando o mesmo equipamento e o mesmo sistema de controle. É um sistema reprogramável capaz deproduzir uma variedade de produtos automaticamente.
Problemas do System 24:

• Custos de implementação e operação muito altos.
• Nível de competição da época não justificava soluções sofisticadas.
• Ausência de outros sistemas semelhantes, isto é, de ‘lições aprendidas’.
• Indústria de TI (Tecnologia da Informação) imatura:
• Ausência de soluções padrão disponíveis no mercado,necessidade de desenvolvimento a partir do zero.
• Computadores caros e com baixo desempenho.
• Princípios de rede de computadores inexistentes: necessidade de transferir manualmente os códigos numéricos usando fitas magnéticas.
• Tecnologia de sensores e atuadores pouco desenvolvida. Limitação para a detecção e diagnóstico de falhas.

FMS - TIPOS DE FLEXIBILIDADE

• Capacidade das máquinasde produzir novos tipos de peça.
• Capacidade das máquinas de produzir peças customizadas.
• Capacidade das máquinas de produzir com agilidade.
• Capacidade dos sistemas de manipulação de materiais de se manipular e transportar diferentes peças.
SISTEMAS FLEXÍVEIS DE MANUFATURA

Flexibilidade no sistema:

• Capacidade de produzir simultaneamente vários tipos de peça.
• Capacidade demodificar a ordem de produção das peças.
• Capacidade de modificar a rota de produção das peças.
• Capacidade de produzir uma peça em diferentes máquinas.
• Capacidade de absorver rapidamente variações no volume de produção.
• Capacidade de modificar os itens em produção rapidamente.
• Capacidade de expandir o sistema gradativamente

QUANDO UTILIZAR

Possibilidade de agrupar peças emfamília:
•Peças pertencentes a produtos semelhantes.
•Peças com geometria semelhante.

CIM - Computer Integrated Manufaturing
CIM consiste na completa automação da fábrica, na qual todos os processos e atividades são controlados por computador, e onde a informação que circula está exclusivamente na forma digital e em um ambiente completamente integrado.

Desafios:
Integração decomponentes e equipamentos de diferentes fabricantes, utilizando diferentes protocolos de comunicação. * Integração da informação: cada aplicativa utiliza seu padrão de formatação de dados e registro da informação. * Controle de processo: necessidade de pessoas para lidar com situações de exceção que não foram previstas no projeto.

PLM - Product Lifecycle Management
PLM é o processo de gerenciaro ciclo de vida de um produto da concepção ao descarte, usando soluções TI que permitam a integração das atividades e informações.

A AUTOMAÇÃO SE INSERE NOS DIVERSOS NÍVEIS DA ORGANIZAÇÃO DE SISTEMAS PRODUTIVOS

Nível 1 – Controle de dispositivos * Inclui os atuadores, sensores e outros componentes interligados por um sistema de controle.

Nível 2 – Controle de máquinas * Algumas...
tracking img