Sistema de cotas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 40 (9957 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ETEC - Escola Técnica Estadual de Lins
Centro Paula Souza
Curso Técnico em Jurídico




III Jurídico


SISTEMA DE COTAS











Lins - SP
2011
III Jurídico






Sistema de Cotas


Projeto de pesquisa apresentado a Comissão de Avaliação do curso de Informática para internet, da Escola Técnica Estadual de Lins, sob a orientação daProf Carlos Cesar Souza.


















LINS – SP
2011

Dedicatória

Dedicamos este trabalho a Deus por ter permitido que chegássemos até aqui. Aos nossos familiares pelo apoio e pela confiança depositados em cada um de nós.







Agradecimentos

Agradecemos primeiramente a Deus, pois se não fosse por Ele não estaríamos aqui e não teríamos chego até o fim.Agradecemos as nossas famílias pelo apoio, aos professores pela dedicação e conhecimentos divididos em sala de aula. Aos colegas de classe por cada momento que vivemos.


Sumário



Introdução 6
1. O Que é Sistemas de Cotas 9
1.1. Quando surgiu o sistema e qual sua trilha pelo Brasil 9
2. Prós e Contras do sistema 12
2.1. O Sistema de Cotas no Contexto Social 12
2.2. O Sistemade Cotas no Contexto Jurídico 13
2.3. Sistema de Cotas e seus Interesses 14
2.4. As Controvérsias do Sistema de Cotas 15
2.5. Quais foram às principais justificativas para que o país adotasse o Sistema de cotas 16
2.6. Os Contras do Sistema de Cotas Raciais 17
3. As Cotas Raciais e a Constituição Federal 21
3.1. O Sistema de Cotas mudou a cara da Universidade Brasileira 23
3.2.Pesquisa de Campo 23
4. Como se beneficiar com o sistema 25
5. Realidade pós beneficio 29
Conclusão 37
Referências Bibliográficas 38










Introdução


Muitos pelo Brasil dizem que o sistema de cotas se trata de uma compensação do Estado para com a raça negra devido ao sofrimento vivido pelos nossos antepassados. Há também quem diga que é nada mais nada menos queobrigação das universidades implantarem o sistema de cotas.
São diversas as opiniões, mas estamos escrevendo estas páginas para expor de maneira simples e clara o que são as cotas raciais e o que elas causaram no Brasil depois de sua implantação.
Sabemos que não deixaram de causar polêmica e diversificadas opiniões, mas devemos saber também se:
❖ Há constitucionalidade nosistema de cotas?
❖ Está certo dividir as pessoas por raças?
Sabemos que a Constituição Federal diz expressamente que “todos sâo iguais perante a lei”, e em um país de miscigenação fica difícil de diferenciar quem é negro, pardo ou afro descendente, mas sabemos também que a classe baixa do país é em maior numero composta por pessoas de pele escura e que tem no ensino público umamparo muito menor que os que tem a possibilidade de estudar em uma escola particular,esta que segue seu plano de ensino embasada em preparar o aluno para o vestibular,é clarividente que os educadores e as escolas públicas dão o melhor de si para ensinar mas ainda sim, não chega ao nível de um ensino particular.Vejamos se um aluno negro se inscreve como beneficiário do sistema de cotas e consta emseus documentos de inscrição que foi aluno de escola particular irá então se presumir que este tenha condições de arcar com uma faculdade?
Visando diminuir este problema as universidades adotaram como critério a auto-declaração, mas a solução gerou controvérsias depois que alguns candidatos brancos classificaram-se como negros para obter o benefício das cotas.
Ficamos então sem sabercomo agir em relação a este sistema, somos a favor por diminuir um pouco a desigualdade nas universidades, ao mesmo passo que nos perguntamos para que existir divisão se todos somos iguais, a controvérsia é a mesma que se dá nos debates de religião, aborto e outros assuntos polêmicos que até hoje não encontraram razões comprovadamente corretas.
Um dos autores da proposta da UnB, o...
tracking img