Sistema de controle paroquial

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 42 (10461 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1 – Introdução


O trabalho a seguir tem como objetivo dois fatores principais:
É necessário como requisito para a graduação do curso, ou seja seria quase que como uma prova, mas não é pois este trabalho vem se mostrando muito mais do que uma prova, onde na verdade você só está preocupado em ficar acima da média, não que não queremos passar no nosso estágio, mas sim que oestágio vem se mostrar um ponto importante na conclusão deste curso, pois é onde podemos ver em nós mesmos toda a nossa capacidade de aprendizado e também os pontos que precisam ser melhorados, ou seja queremos passar mas passar bem, para que seja o nosso incentivo para o começo da nova carreira que desponta.
Também é importante ressaltar que este trabalho foi encarado com muita seriedade,fazendo com que o uso e a satisfação do usuário, no caso a paróquia Santo Antônio de Quatá, sejam realmente evidentes suprindo todas as necessidades imediatas que o SICOPA tinha como objetivo principal satisfazer.


2 - Análise de Desenvolvimento


A metodologia de Análise adotada para a especificação do sistema é a Análise Estruturada Moderna, trabalhada por Edward Yourdon, a AnáliseEstruturada Moderna é uma atualização do material clássico sobre a análise de sistemas publicada no final dos anos 70, escrita por Tom De Marco, Chris Gane e Trish Sarson.




2.1 - Definição de Sistema




Sistema é um grupo de itens que interagem entre si ou que sejam interdependentes, formando um todo unificado.
No desenvolvimento de um sistema informatizado há umainteração direta com o usuário, que é a pessoa (ou grupo de pessoas) para quem o sistema é constituído. O usuário é a pessoa que dará as informações que o sistema deverá Ter para ser bem sucedido. É o Modelo Essencial que irá indicar o que o sistema deverá fazer para satisfazer os requisitos do usuário.
O Modelo Essencial é composto por dois componentes:


- Modelo Ambiental
-Modelo Comportamental




2.2 - O modelo Ambiental



Como sabemos, todo o sistema na verdade é considerado subsistema de algo maior. Desta forma, o mais difícil é a definição, por parte do analista, do que faz parte do sistema a ser desenvolvido e o que é apenas relacionamento com o ambiente externo.
Cabe ao modelo ambiental definir os relacionamentos e a interface com o mundoexterior, com o usuário. É necessário para que isso seja feito, o conhecimento do ambiente interno do sistema ( a ser desenvolvido no modelo comportamental) e como esse ambiente se relaciona como o ambiente externo, quais são suas perguntas e respostas ao usuário, qual é a sua ação de acordo com o determinado evento pedido, dependendo obviamente de seus limites físicos e racionais, que sãodelimitados pelo analista e posteriormente pelo programador.
O modelo Ambiental é composto por três tópicos:


- Declaração dos Objetivos
- Diagrama de Contexto
- Lista de Eventos







2.2.1 - Declaração dos Objetivos




A declaração dos objetivos é um texto, narrativo, tentando objetivar os tópicos a serem abordados dentro do sistema, de uma maneiraresumida e nada explicativa. Tenta, em poucas palavras, definir o porquê da criação do sistema e qual sua finalidade, enfatizando quais as funções
básicas que ele desempenhara sendo o sistema informatizado de um sistema já “Existente”, destacando também as suas vantagens.



2.2.2 - Diagrama de Contexto


O diagrama de contexto é a Segunda etapa do modelo ambiental. Começa porresponder a algumas dúvidas deixadas pela declaração dos objetivos. Neste diagrama, que é um caso especial de diagrama de fluxo de dados (que faz parte do modelo comportamental), um único objeto(figura que representa o sistema), representa todo o sistema, e mostra seu relacionamento com as entidades externas(usuários) que fazem parte do mundo exterior. Mostrando as entradas e saídas requisitas pelo...
tracking img