Sintese

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 77 (19026 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
seculo 21









INTRODUÇÃO


O trabalho a ser desenvolvido abordará sobre a linguagem aristotélica e as suas características essenciais, que podem ser manifestadas pelo homem na vida política. Sendo o lògos, a própria racionalidade, que se direciona para o falar e o agir humano, naturalmente não podemos de forma alguma ignorar este conceito, porque o homem é um ser dotado delògos pela sua própria natureza, que o constituiu assim. A capacidade comunicativa humana, diferencia dos demais seres, na medida em que o homem pode raciocinar, antes de falar e agir. E por isso, sendo o homem capaz de conviver em sociedade, torna-se possível fundamentar o ser político no ser falante, e, conforme o conceito de Aristóteles, o homem é um animal político, e pode distinguir os atos justose injustos.

Veremos que a linguagem é a expressão da realidade, e qual a sua finalidade e importância para a vida política. Como sabemos, para dialogarmos é necessário usar a voz, o que condiciona a linguagem. Ora, por que na política, muitas vezes não há uma boa organização da sociedade? Um dos motivos é a falta de bom uso da linguagem, e se falam bem, conseqüentemente agirãoerroneamente. Resta, pois, ver como a linguagem contribui para o aperfeiçoamento de uma vida política mais justa e digna. O conceito de linguagem englobará não somente como expressão e voz articulada, mas, sobretudo como meio de organização política, onde veremos a falta de uso das palavras pelos bárbaros, que não alcançam o geral, e sim, o particular, cuja finalidade não deve ser procedida dessa maneira,para o bom político, que pretende fazer um bom uso da linguagem.

Sobre a significação, entraremos numa questão mais profunda da linguagem, que a própria alma humana se apresenta pelas suas afeições, fazendo com que o nome e as coisas tenham significados. A alma, porém, busca articular por meio da mente, a relação dos dois termos. Da mesma forma em que a fala se relaciona com o real, é possívelcomparar com a política num mesmo âmbito. Ou seja, com o aprofundamento da significação poderemos perceber o quanto a política precisa estar em sintonia com a realidade, para que não aconteça tantas injustiças sociais.

Trataremos sobre a persuasão, não numa perspectiva de engano, mas acima de tudo o que pode visar o bem da comunidade política. O bom uso da retórica, como veremos, podetornar o homem valorizado, porque faz da sua fala, um meio de convencer os outros cidadãos para viver bem. Aristóteles demonstra as características do homem que sabe persuadir, o que torna a retórica autêntica. Quando referimos à arte, geralmente imaginamos a ação humana pela sua capacidade de criar e de fazer algo, em vista do bem. Porém, a imitação requer analisar além das belas artes, também o bemagir humano, como uma forma de atividade. Ora, como toda atitude pode ser boa ou má, na imitação o homem deve seguir os princípios morais vividos na sociedade, por meio da práxis que o homem político exerce. Agora, no que diz respeito às belas artes, o artista realiza uma obra com a finalidade de aperfeiçoar o que faltou a natureza, de modo complementar. Poderemos perceber que, na ação moral nãose resume somente no fazer ou no praticar algo, mas de acordo com o que veremos na “tragédia”, o homem pode alcançar determinados fins por meio da arte, que insere a linguagem, ressaltando a sua importância na vida ativa e expressiva do homem na política. A “tragédia”, porém, é uma arte imitativa de ações e não de homens.

O ser da linguagem será um dos pontos fundamentais a ser desenvolvidoneste trabalho. A ontologia, que trata da questão do ser enquanto ser, é o que dá condição para a linguagem do homem na vida política. Cuja questão será abordada sobre o discurso político do governante, ou daquele que fala para os outros. Aristóteles não concorda com a posição de Górgias, porque o seu método é seguir uma linha persuasiva através do engano, do lucro, etc. Porém, a verdade para...
tracking img