Sindrome pânico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3033 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Panic syndrome: overwhelming anguish? Nosologia symptom?
Palavras-chave Angústia; Síndrome do pânico.

Síndrome do pânico: angústia avassaladora? Quadro nosológico?1
Clovis Figueiredo Sette Bicalho2

Resumo Questionar a cultura da ilusão para tamponar a falta é o que se propõe neste texto. Parte-se da origem da palavra e da definição de angústia para um percurso na obra freudiana (de formacronológica). Esse percurso é cotejado por outros autores no que tange à estruturação do psiquismo e às possíveis saídas para a angústia.

Tornar o homem um ser não faltante é uma busca atual, eterna. Soluções indolores ou quase, eficazes e rápidas são ofertadas com insistência. Obturar toda a falta sem levar em conta sua origem parece ser a solução proposta. Sabemos que a época e o contextocultural, social e político influenciam a subjetividade do homem e sua inserção no mundo. Os sintomas, podemos dizer, são a forma pela qual o sujeito se expressa diante da cultura e, assim, eles espelham tanto o seu modo de ser quanto seu modo de viver. Faz-se necessária uma contextualização desse homem no espaço e tempo em que se encontra inserido, para que possamos entender o porquê ou o que estáacontecendo com as pessoas que nos procuram em nossos consultórios. Haveria na contemporaneidade lugar para as angústias existenciais tão típicas da época freudiana e mesmo até certa altura do século passado? Houve um deslocamento nas questões relativas à subjetividade? O que vem acontecendo com a nossa sociedade para que surjam esses novos sintomas? Qual a implicação da globalização, do mundo semfronteira da internet, do consumo
1

excessivo de produtos, onde o ter e o aparecer são mais importantes que o ser e seus questionamentos? Podemos conceituar angústia como o estado afetivo advindo do surgimento de uma grande inquietude intrapsíquica que se irrompe perante ameaça real ou imaginária e se mostra através de manifestações corpóreas (sudorese, taquicardia, dificuldades respiratóriase outras). Massermann apud Tallaferro (1989, p.171), em Curso básico de psicanálise, conceitua a angústia como: “O afeto desagradável que acompanha uma tensão instintiva não satisfeita. É um sentimento difuso de mal-estar e apreensão que se reflete em distúrbios visceromotores e modificações da tensão muscular”. Na Classificação de transtornos mentais e de comportamento da CID-10 (1993, p. 137),temos: F 41.0 – Transtorno de pânico (ansiedade paroxística episódica). Os aspectos essenciais são ataques recorrentes de ansiedade grave (pânico), os quais não estão restritos a qualquer situação ou conjunto de

2

Apresentado no congresso do CBP, em Aracaju, sob o título A angústia e a cultura da ilusão em 30 de outubro de 2008. Médico psiquiatra especialista pelo Hospital Espírita André Luize psicanalista. Presidente do Círculo Brasileiro de Psicanálise no período de 1994-1996 e 1996 -1998. Estudos de Psicanálise – Aracaju – n. 32 – p.45-50 – Novembro. 2009 45

Síndrome do pânico: angústia avassaladora? Quadro nosológico?

circunstâncias em particular e que são, portanto, imprevisíveis. Assim como em outros transtornos de ansiedade, os sintomas dominantes variam de pessoa parapessoa, porém início súbito de palpitações, dor no peito, sensações de choque, tontura e sentimentos de irrealidade (despersonalização ou desrealização) são comuns. Quase invariavelmente há também um medo secundário de morrer, perder o controle ou ficar louco. No Novo Dicionário da Língua Portuguesa, de Aurélio Buarque (1986), encontramos: Angústia: 1. Estreiteza, limite, redução, restrição. 2.Ansiedade ou aflição intensa; ânsia, agonia. 3. Sofrimento, tormento, tribulação. A origem do termo alemão Angst nos remete à raiz indo-européia Angh (apertar, comprimir). Posteriormente virão as raízes grega Agchein (estrangular) e latina Angina (sensação de sufocamento, aperto).
Nem sempre é possível diferenciar os termos ‘medo’, ‘ansiedade’ e ‘angústia’ entre si. Conforme o contexto, tanto...
tracking img