Sindrome metabolica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1669 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Uma síntese sobre a Síndrome Metabólica, Diabetes Mellitus II e Obesidade
Autora: Rafaela Fernanda Leandro
Palavras-chave: Síndrome Metabólica, Diabetes, Obesidade.

RESUMO
Este trabalho tem como objetivo relacionar três doenças que vem tornando-se epidemia na atualidade. Verificou-se que a alteração hormonal conta como fator que potencializa sua gravidade, bem como a inatividade física, osmaus hábitos alimentares, estresse da vida urbana e fatores genéticos. Não tenho a pretensão de aprofundar-me em cada uma das doenças, suas causas, complicações ou tratamentos, mas expor de modo compacto alguns pontos consideráveis a respeito das mesmas.

Síndrome Metabólica
A Síndrome Metabólica consiste no agrupamento (cluster) de doenças com risco cardiovascular. Atinge tanto à adultos,como jovens e crianças, e por isso tem gerado preocupação na comunidade científica. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde, 2007), as doenças cardiovasculares são a primeira em óbitos, atingindo 36% das mortes em 2006.
A Resistencia à insulina, obesidade abdominal, baixos valores de lipoproteínas de alta densidade (C-HDL), triglicerídeos e hipertensão arterial, compõe o quadro clínico daSíndrome Metabólica. A inatividade física, a obesidade, a idade e ainda os hábitos nutricionais inadequados potencializam o risco da Síndrome.
Sua etiologia não é totalmente conhecida, mas é consensual que resulta da interação de fatores genéticos, metabólicos e ambientais.
Com o passar do tempo, novos estudos incluíram outros critérios para avaliação da Síndrome Metabólica:
- Distribuição anormal damassa gorda (geral, central, biomarcadores do tecido adiposo, índice de gordura visceral);
- Circunferência da cintura de acordo com a etnia, segundo o IDF (International Diabetes Federation) 2005:
* Asiáticos do sul ou chineses: em homens ≥ a 90 cm, em mulheres ≥ a 80 cm;
* Brancos: em homens ≥ a 94 cm, em mulheres a ≥ 90 cm;
* Japoneses: em homens ≥ a 85 cm, em mulheres ≥ a 90 cm;* Nativos das Américas Central e Sul: mesmo critério dos asiáticos do sul e chineses;
* Africanos subsaarianos: mesmo critério dos brancos;
* Leste mediterrâneo e oriente médio: mesmo critério dos brancos;
Dislipidemia, segundo a definição do NCEP-ATP III (National Cholesterol Education Program’s Adult Treatment Panel III) modificada, 2005:
* Glicemia de jejum, ≥ a 100mg/dl, ousob tratamento
* Medida de triglicerídeos ≤ a 150 mg/dl, ou sob tratamento
* HDL (colesterol) para homens deve ser > que 40 mg/dl, e para mulheres > que 50 mg/dl, ou sob tratamento.
* Pressão arterial, deve ser ≥ a 130/85 mmHg, ou sob tratamento
- Resistencia à insulina;
- Desregulação vascular;
- Estado Pró-inflamatório (proteína C reativa de elevada sensibilidade);
- Estadopró-trombótico (fatores coagulantes e fibrinolíticos);
- Outros fatores hormonais (eixo corticoesteróide, síndrome do ovário policístico).
Para ter o quadro de Síndrome Metabólica é necessário ter três dos sintomas citados, e a base deles sendo a resistência insulínica.

Resistencia á insulina
Ao alimentar-se o organismo transforma parte dos carboidratos consumidos em glicose, a qual o sanguelevará às células do corpo como energia, pelo estímulo da insulina. A insulina é um hormônio secretado pelas células β nas ilhotas de Langerhans, no pâncreas (uma grande glândula localizada atrás do estômago) essencial no consumo de carboidratos, na síntese de proteínas e no armazenamento de lipídios. A insulina auxilia a entrada da glicose nas células e controla sua taxa no sangue. Quando opâncreas não produz insulina suficiente ou tem problema para usá-la adequadamente, os adipócitos, os miócitos e os hepatócitos não absorvem suficientemente a glicose do sangue, então há a condição de resistência insulínica. Os principais hormônios que sensibilizam as células à insulina, são a adiponectina e a leptina.
Como dito, o pâncreas é responsável por transformar a glicose em insulina, no...
tracking img