Silvino jacques

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3553 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ANÁLISE DE OBRAS LITERÁRIAS UFGD - Profª. Luciene.

Silvino JacqueS: o último dos bandoleiro
BRÍGIDO IBANHES

O Estado de Mato Grosso do Sul tem em sua história vários episódios que envolvem a presença de heróis destemidos e de bandidos. No limiar entre um e outro se encontra a figura do mais famoso deles – Silvino Jacques, o qual tem sua história contada pelo escritor Brígido Ibanhes. É,portanto, objetivo deste trabalho facilitar a leitura e a compreensão da obra Silvino Jacques: o último dos bandoleiros do referido autor.

O escritor e suas obras

BRÍGIDO IBANHES nasceu em Bella Vista Norte (Paraguai) em 08 de outubro de 1947, com registro no Distrito de Nunca-Te-Vi, Bela Vista (MS), Brasil. É filho de Aniceto Ibanhes e Affonsa Christaldo de Ibanhes, naturais da Vila dePorteiras, no antigo Mato Grosso. 
Em Bella Vista Norte cursou o “grado´í” (prezinho) e o 1° ano primário, absorvendo a cultura guarani, dos seus antepassados. Em 1956, no Brasil, fez seus estudos no colégio Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e de Santo Afonso, aprendendo o português, pois até então só falava o espanhol e o guarani. Em 1959, em Ponta Grossa (PR), no Seminário do Santíssimo Redentor,cursa o ginásio e parte do científico. Aprende, então, o latim, o grego, o inglês, o francês, química, física, os princípios de teologia, e conhece os clássicos nacionais e internacionais da literatura. Em 1962, num concurso interno do Seminário, foi premiado pelo poema “Noite Cigana”. Sai do Seminário ao final de 1964, quando vai viver em São Paulo, na capital.
 Serve ao Exército Brasileiroem 1966, no 10º Regimento de Cavalaria, em Bela Vista. De volta a São Paulo, trabalha até o final de 1969. Escreve, então, contos ingênuos e sonetos românticos. Em 1970 retorna para Bela Vista em virtude de acidente ocorrido com o pai.
Aprovado em concurso assume a Tesouraria da Prefeitura Municipal, e depois o cargo de Encarregado-Geral do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), subordinado àFundação SESP. Em 1973 ingressa, por concurso, no Banco do Brasil. Em 1978 se transfere para Patrocínio (MG), e depois para Santa Cruz do Capibaribe (PE), com o propósito de aumentar sua bagagem cultural. Transfere-se para Bataguassu, depois para Sidrolândia (MS).
Nesta cidade, em 31 de maio de 1986, sob ameaças de familiares e políticos que não desejavam a publicação da obra, lança o livro“Silvino Jacques, o Último dos Bandoleiros”, que ganha a primeira menção honrosa no I Salão de Livros de Autores de Funcionários do Banco do Brasil. Por determinação judicial a obra é apreendida. Depois de seis anos de pendenga judicial é liberada sua divulgação pelo Tribunal de Justiça do Estado.
Em 1988 lança, em Campo Grande (MS), o livro de contos “Che Ru, o Pequeno Brasiguaio”, em queregistra os costumes e os entreveros peculiares das fronteiras entre o Brasil e o Paraguai. Em 1987, como pesquisador da história pré-colombiana, inicia trabalhos de escavação arqueológica na região de Volta Grande, próximo a Chapecó (SC). Nas ruínas de pedras de antiga civilização, revela, entre seus achados, peças de cristal lapidadas e tambetás guaranis. Em 1993 lança o livro “A Morada do Arco-Íris”que relata as aventuras dessa descoberta, provocando muita polêmica entre os estudiosos, principalmente quando o fato é divulgado pela TV Bandeirantes.
Em 1987 perde seu cargo de fiscal do Setor de Operações da agência do Banco do Brasil, em Sidrolândia, por não concordar com esquemas de desvios de verbas do Proagro e do Fundec. Em 1988 foi coagido a pedir transferência para o Nordeste,depois de sérias retaliações profissionais. Na cidade de Santa Cruz do Capibaribe (PE), em 1989, participa da prisão de chefe de quadrilha que por duas vezes assaltou a agência do BB daquela localidade. É obrigado a retornar para o Mato Grosso do Sul.
Em 1991, em Dourados (MS), funda o Movimento de Moralização e Ética no Trato da Coisa Pública (METRA) para combater a corrupção política....
tracking img