Siemens guide

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2811 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
19/08/2011

Especialização em Gestão de Projetos

Ética
Wilton Borges dos Santos
wilton.santos@pucpr.br

Escola de Negócios

Ética
• Aspectos Gerais
– 1. Senso moral – 2. Consciência moral – 3. Ética – 4. Modelos éticos

Escola de Negócios

1

19/08/2011

1. Senso moral e consciência moral
• É no seio da cultura e da tradição, nas diversas instituições sociais - como aFamília, o Estado, o Trabalho, a Escola, a Igreja - que desenvolvemos a sensibilidade e a consciência moral. • Consideremos os exemplos a seguir:
(Conf. CHAUÍ.1997, p. 334-337)

Escola de Negócios

• 1. 1 – Pelo senso de justiça e injustiça:
– Sensibilizamo-nos quando vemos um inocente sendo punido por um crime que não cometeu. – Um empregado sendo despedido injustamente. – Um processo seletivocujos critérios são alheios à profissão. – Entre outros.

Escola de Negócios

2

19/08/2011

• 1.2 – Pelo senso de certo e errado que:
– Sentimos culpa ou vergonha quando não controlamos nossos impulsos e ofendemos alguém. – Ou mesmo quando por um sentimento de indiferença não nos envolvemos com situações nas quais poderíamos contribuir.

Escola de Negócios

• 1.3 – Pelo senso demérito e grandeza da alma que:
– Avaliamos as pessoas e as consideramos honrosas, honestas e dignas pelas suas palavras, ações, trabalho. – Por meio de gestos identificamos pessoas generosas, solidárias e delas nos aproximamos.

Escola de Negócios

3

19/08/2011

Pelo senso moral aprendemos a nos relacionar com o mundo e com as pessoas. É assim que a realidade em geral não nos é indiferente.Escola de Negócios

2. Consciência moral
• Por vezes nos angustiamos com questões que impactam nossas vidas e de outras pessoas. Essas dúvidas colocam à prova nossa consciência moral e solicitam respostas racionais que justifiquem nossas decisões, para nós mesmos e para os outros.

Escola de Negócios

4

19/08/2011

DEVO?

QUERO?

POSSO?

?
Escola de Negócios

Somos todos osdias convocados a dar respostas às questões que envolvem nossas vidas, seja no ponto de vista privado ou coletivo. Essa perspectiva nos coloca no nível da consciência. Uma vez que a educação moral possui um conteúdo coercitivo, precisamos não apenas nos orientar pelas regras estabelecidas, mas também justificá-las: a necessidade de justificar (ou negar) as regras a partir da consciência é que noscoloca no campo ético.
Escola de Negócios

5

19/08/2011

• A vida cotidiana está cheia de Situações Morais (para as quais precisamos dar uma resposta a partir de nossa consciência moral). • Consideremos os exemplos a seguir:

Escola de Negócios

• 2.1 – Quando temos notícias de que uma pessoa sobrevive apenas à custa de máquinas, nos perguntamos:
– Uma vida sem consciência, dor eprazer é uma vida digna? – Não seria melhor interrompê-la?

Escola de Negócios

6

19/08/2011

• 2.2 – Quando temos notícias de que uma jovem se considera despreparada física e emocionalmente para prosseguir com uma gravidez indesejada, nos perguntamos:
– Não seria melhor interromper a gravidez?

Escola de Negócios

• 2.3 – Quando tomamos conhecimento de que um pai, que necessita derecursos para sustentar sua família numerosa, recebe uma proposta de trabalho que vai contra os seus princípios:
– Uma vez que possui uma família numerosa para sustentar, pode aceitar o emprego?

Escola de Negócios

7

19/08/2011

• 2.4 – Quando temos notícias que a utilização dos recursos naturais deve ser levada à frente em nome do progresso e do desenvolvimento:
– Mesmo que o prejuízoambiental seja grande, precisamos manter o estilo de vida que conquistamos. Podemos e devemos continuar as explorações?

Escola de Negócios

• 2.5 – Quando tomamos conhecimento de que nem sempre o progresso e o desenvolvimento estão aliados ao desenvolvimento de muitas comunidades:
– Não pensamos outro caminho, uma vez que a partir da ideia de progresso conquistamos muito?

Escola de...
tracking img