Sicko -resenha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 76 (18985 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
As três fontes constitutivas do marxismo
Apresentação

O que é o marxismo?, perguntam milhões de trabalhadores e jovens que não encontram a resposta por que são tão explorados e por que somente uma reduzida minoria de pessoas pode usufruir das riquezas produzidas pela sociedade, ao mesmo tempo que vêem aumentar os ataques dos patrões capitalistas e de seus meios de comunicação ao socialismocientífico. Para responder a essa indagação, as Edições Manoel Lisboa reuniu três importantes artigos de V.I. Lênin, líder da revolução socialista russa e fundador da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas. São eles: Karl Marx, uma exposição sobre o marxismo; Friedrich Engels e As três fontes constitutivas do marxismo. Lendo-os, os leitores poderão verificar o quanto continua verdadeira e atuala ciência fundada por Marx e Engels e porque o marxismo-leninismo é a única concepção que pode pôr fim à miséria, à fome e à exploração do homem pelo homem no mundo e construir uma sociedade fraterna na qual as pessoas vivam com fartura e em liberdade. Saberão, ainda, por que o socialismo desperta tanto o ódio da burguesia e de seus escritores e por que a doutrina de Marx é justa, harmoniosa einconciliável com toda a superstição, com toda a reação e com toda a defesa da opressão burguesa.

Os editores

Índice

I - Karl Marx, uma exposição sobre o Marxismo

II - Friedrich Engels

III - As três fontes e as três partes constitutivas do Marxismo

Karl Marx, uma exposição sobre o Marxismo

Prefácio

O artigo sobre Karl Marx, agora editado em brochura, foi redigido por mim em1913 (tanto quanto me lembro) para o Dicionário Granat. Era seguido de uma nota bibliográfica bastante extensa, que indicava sobretudo obras em línguas estrangeiras. Não figura nesta edição. Além disso, os redatores do dicionário tinham, por seu lado, devido à censura, suprimido o fim do artigo em que eu expunha a tática revolucionária de Marx. Infelizmente me é impossível reconstituir aqui essapassagem, visto o manuscrito ter ficado, com outros papéis meus, em Cracóvia ou na Suíça. Lembro somente que no fim do ensaio reproduzia, entre outras, uma passagem de uma carta de Marx a Engels, datada de 16 de abril de 1856, em que ele escrevia: “Na Alemanha tudo dependerá da possibilidade de fazer apoiar a revolução proletária por uma reedição da guerra dos camponeses. Então tudo correrá bem”.Foi isto que, depois de 1905, não foi compreendido pelos nossos mencheviques, que acabaram agora por trair completamente a causa do socialismo e passaram para o campo da burguesia. N. Lênin. Em 1918 na brochura: N. Lênin “Karl Marx”, Edições “Priboi”, Moscou. Conforme o texto das Obras, tomo 21, pág. 39 (ed. francesa)

Breve nota biográfica contendo uma exposição do Marxismo

Karl Marx nasceuno dia 5 de maio de 1818 em Trèves (Prússia renana). Seu pai, um advogado israelita, se converteu em 1824 ao protestantismo. A família, rica, culta, não era revolucionária. Após terminado o liceu de Trèves, Marx entrou para a universidade de Bonn e depois para a de Berlim; aí estudou direito, mas sobretudo história e filosofia. Em 1841, acabava seus estudos, defendendo uma tese de doutoramentosobre a filosofia de Epicuro. Naquela época suas concepções faziam dele um hegeliano idealista. Em Berlim, fez parte do círculo dos “hegelianos de esquerda”1 (que compreendia, entre outros, Bruno Bauer) que procuravam extrair da filosofia de Hegel conclusões atéias e revolucionárias. Após ter saído da Universidade, Marx fixou-se em Bonn, onde esperava tornar-se professor. Mas a política reacionáriade um governo que retirara a Ludwig Feuerbach a regência de uma cadeira em 1832, que lhe tinha de novo recusado o acesso à universidade em 1836, e que em 1841 tinha impedido o jovem professor Bruno Bauer de fazer conferências em Bonn obrigou Marx a renunciar à carreira universitária. Nessa época, o desenvolvimento das idéias do hegelianismo de esquerda progredia na Alemanha rapidamente; Ludwig...
tracking img