siab

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1044 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de março de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
SIAB:
O Sistema de Informação da Atenção Básica - SIAB  foi implantado em 1998 em substituição ao Sistema de Informação do Programa de Agentes Comunitários de Saúde - SIPACS, pela então Coordenação da Saúde da Comunidade/Secretaria de Assistência à Saúde, hoje Departamento de Atenção Básica/Secretaria de Atenção à Saúde, em conjunto com o Departamento de Informação e Informática doSUS/Datasus/SE, para o acompanhamento das ações e dos resultados das atividades realizadas pelas equipes  do Programa Saúde da Família - PSF.
    O SIAB foi desenvolvido como instrumento gerencial dos Sistemas Locais de Saúde e incorporou em sua formulação conceitos como  território, problema e responsabilidade sanitária, completamente inserido no contexto de reorganização do SUS no país, o que fez com queassumisse características distintas dos demais sistemas existentes. Tais características significaram avanços concretos no campo da informação em saúde.  Dentre elas, destacamos:
 
micro-espacialização de problemas de saúde e de avaliação de intervenções;
utilização mais ágil e oportuna da informação;
produção de indicadores capazes de cobrir todo o ciclo de organização das ações de saúde apartir da identificação de problemas;
consolidação progressiva da informação, partindo de níveis menos agregados para mais agregados.
 
 
    Por meio do SIAB obtêm-se informações sobre cadastros de famílias, condições de moradia e saneamento, situação de saúde, produção e composição das equipes de saúde.
    Principal instrumento de monitoramento das ações do Saúde da Família, tem sua gestão naCoordenação de Acompanhamento e Avaliação/DAB/SAS (CAA/DAB/SAS), cuja missão é monitorar e avaliar a atenção básica, instrumentalizando a gestão e fomentar /consolidar a cultura avaliativa nas três instâncias de gestão do SUS.
    A disponibilização da base de dados do SIAB na internet, faz parte das ações estratégicas da política definida pelo Ministério da Saúde com o objetivo de fornecerinformações que subsidiem a tomada de decisão pelos gestores do SUS, e a instrumentalização pelas instâncias de Controle Social, publicizando, assim,  os dados para o uso de todos os atores envolvidos na consolidação do SUS.
    Atualmente, para que o sistema se transforme, de fato, num sistema que permita o monitoramento e favoreça a avaliação da atenção básica, o Departamento de Atenção Básica/SASem conjunto com o Departamento de Informação e Informática do SUS/Datasus/SE vem investindo em sua reformulação, articulada com os demais sistemas de informação dos outros níveis de atenção. Este processo está envolvendo todas as áreas técnicas do MS que implementam ações básicas de saúde e,  posteriormente, será discutido nas instâncias de deliberação do SUS.
 http://www2.datasus.gov.br/SIAB/index.php?area=01


Ficha de preenchimento:

FICHA A: Agrega informações relacionadas ao cadastro das famílias na microárea do ACS. Os dados coletados irão alimentar o Relatório de Cadastro Familiar, o qual abordaremos mais adiante. A Ficha A nos permite conhecer características importantes das famílias cadastradas. Entre os dados coletados, podemos citar a quantidade de pessoas porsexo e faixa etária, doenças referidas, alfabetização, ocupação, informações de saneamento e moradia.
Essa ficha deve ser preenchida na primeira visita do ACS e de preferência dentro do domicílio, pois as informações relacionadas às condições de moradia (o material de que é feito a casa; se tem ou não abastecimento de água; o que a família faz com a água que bebe; destino do lixo e esgoto;quantidade de cômodos; se tem ou não energia elétrica etc.) devem ser verificadas por meio da observação direta do ACS, portanto uma Ficha A preenchida no portão pode ocultar dados relevantes quanto aos hábitos dessa família.



FICHAS B: As Fichas B agregam informações relativas ao acompanhamento de clientes com as seguintes doenças: Diabetes Melittus (DM), Hipertensão Arterial (HA), Tuberculose...
tracking img