Show de thruman resumo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 34 (8402 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
GEOUSP - Espaço e Tempo, São Paulo, Nº 21, pp.

135 - 147,

2007

NOS LABIRINTOS DE UMA GEOGRAFIA ANTI-HISTÓRICA TRUMAN, O SHOW DA VIDA**
Sérgio Martins*

RESUMO: A partir do filme Truman, o show da vida o autor discute a relação entre (re)produção do espaço e vida cotidiana, buscando esclarecer as (im)possibilidades de criação numa totalidade espaço-temporal aparentemente fechadaPALAVRAS-CHAVE: Urbanização; vida cotidiana; cinema. ABSTRACT:

Based on the movie The Truman Show, the author discusses the relation between the (re)production of space and everyday life, searching to explain the (im)possibilities of creation in an apparently closed time-space totality.
KEY-WORDS: Urbanization, everyday life, cinema.

“ Contam-nos, não sei exatamente onde, a respeito de um Rei doEgito (Psammitichus era seu nome, creio eu) que, pensando redescobrir a origem perdida da linguagem, arranjou para criar, em um local isolado, duas crianças separadas, desde o momento do nascimento, de todo contato com o resto da humanidade. Não se conseguiu tirar, creio, nenhuma grande lição desse experimento. Uma casa de inspeção à qual tivesse se destinado um conjunto de crianças desde seunascimento permitiria uma quantidade suficiente de experimentos que seriam bem mais interessantes.” (Jeremy Bentham. O Panóptico; ou, A Casa de Inspeção) “ miséria da vida cotidiana atinge o ápice A ao pôr-se em cena na tela.” (Raoul Vaneigem. A arte de viver para as novas gerações)
*Professor do Departamento de Geografia e do Programa de Pós-graduação em Geografia da Universidade Federal de MinasGerais. E-mail: segiomartins@ufmg.br Este texto, há muito prometido para estudantes que freqüentaram minhas aulas de Geografia Urbana desde 1999, chegou a ser esboçado em 2004, quando ministrei a disciplina “ cidade, o urbano e o cinema” Por conta de inúmeras e incontroláveis circunstâncias da vida (não só A . acadêmica), somente o retirei da letargia em que se encontrava em janeiro de 2007, quandoalguns daqueles estudantes de graduação já concluíram seus respectivos mestrados e/ou caminham em seus doutorados.

**

136 - GEOUSP - Espaço e Tempo, São Paulo, Nº 21, 2007

MARTINS, S.

Truman Burbank vive placidamente seus dias em Seaheaven, uma bucólica cidadezinha encravada numa ilha homônima. Todas as manhãs, sua “ conversa” consigo mesmo na frente do espelho do banheiro sobre umahipotética exploração aventurosa é interrompida pelo chamado da esposa, lembrando-lhe que irá se atrasar para o trabalho. Na cena seguinte, Truman sai de casa para pegar o carro e antes de entrar no veículo, porém, dispensa gentilmente cumprimentos convencionais aos seus vizinhos, aos da frente e ao que mora ao lado de sua bela casa. Como as demais, sua casa, com cores em tons pastéis e um jardimbem cuidado, tem cercas e portõezinhos baixos de madeira, impecavelmente pintados. As ruas, limpas, perfeitamente pavimentadas e com pouco tráfego de veículos, parecem não constituir fonte de preocupações. Talvez seja por isso que Spencer, um de seus vizinhos, deixe o cachorro correr livremente enquanto sai todas as manhãs para colocar a lata de lixo na calçada. E o dálmata Pluto adora pular emTruman para “ cumprimentá-lo” antes mesmo que ele consiga entrar no carro, o que parece sobressaltálo por alguns instantes. Mas em seu rotineiro trajeto até o local de trabalho,Truman ouve pelo rádio do carro uma daquelas músicas que se costuma ouvir nas salas de espera dos consultórios. Tudo transmite tranqüilidade para que tudo transcorra sem surpresas. Poucos veículos transitam nas ruas e o fazemsuavemente. Não há congestionamentos, nada de correrias. Já no que parece ser o centro da pequena cidade, Truman, embora caminhe com alguma celeridade, ainda tem tempo para comprar o jornal para si e um exemplar de uma revista de moda para a esposa, Meryl, que trabalha no hospital da cidade como enfermeira. Cortês, não deixa de cumprimentar sorridentemente todos os que encontra, em sua maioria...
tracking img