Sfn - sistema financeiro nacional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 39 (9576 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
SFN - SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL
SUMÁRIO
INTRODUÇÃO 4
1. PADRÃO MONETÁRIO BRASILEIRO 5
2. HISTÓRIA DO SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL 5
3. ESTRUTURA ATUAL DO SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL 6
3.1 Subsistema Normativo 6
3.1.1 Conselho Monetário Nacional (CMN) 6
3.1.2 Banco Central do Brasil (Bacen) 7
3.1.2.1 Banco dos Bancos 8
3.1.2.2 Gestor do Sistema FinanceiroNacional 8
3.1.2.3 Executor da Política Monetária 8
3.1.2.4 Banco Emissor 8
3.1.2.5 Banqueiro do Governo 8
3.1.3 Comissão de Valores Mobiliários (CVM) 9
3.1.4 Banco do Brasil (BB) 9
3.1.5 Superintendência dos Seguros Privados (SUSEP) 9
3.1.5.1 Relação do Bacen com a SUSEP 10
3.1.6 Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) 10
3.2Subsistema Operativo 11
3.2.1 Manual de Normas e Instruções 11
3.2.2 Bancos Comerciais 11
3.2.3 Sistema Financeiro de Habitação (SFH) 12
3.2.4 Caixas Econômicos (CE) 13
3.2.5 Bancos de Desenvolvimento (BD) 13
3.2.6 Cooperativas de Créditos (CC) 13
3.2.7 Bancos de Investimento (BI) 13
3.2.8 Sociedades de Créditos, Financiamento e Investimento (Financeiras). 143.2.9 Bolsas de Valores, de Mercadoria e de Futuro 14
3.2.10 Sociedades Corretoras (CCVM) 14
3.2.11 Sociedades Distribuidoras (DTVM) 15
3.2.12 Agentes Autônomos de Investimentos 15
3.2.13 Sociedades de Arrendamento Mercantil (leasing) 15
3.2.14 Associações de Poupança e Empréstimo (APE) 16
3.2.15 Sociedades de Crédito Imobiliário (SCI) 16
3.2.16 InvestidoresInstitucionais 16
3.2.16.1 Fundos Mútuos de Investimento 16
3.2.16.2 Entidades Fechadas de Previdência Privada 16
3.2.16.3 Seguradoras e Corretoras de Seguros 16
3.2.17 Companhias Hipotecárias 17
3.2.18 Agências de Fomento 17
3.2.19 Bancos Múltiplos 17
3.2.20 Bancos Cooperativos 18
4. MERCADOS DO SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL 18
5. POLÍTICAS DO SISTEMAFINANCEIRO NACIONAL 19
5.1 Política Monetária 19
5.2 Política Fiscal 21
5.3 Política Cambial 21
5.4 Política de Rendas 21
6. ÍNDICES E TAXAS DE JUROS DE REFERÊNCIA 22
CONCLUSÃO 24
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 25

INTRODUÇÃO
O sistema financeiro nacional pode ser definido como o conjunto de instituições e órgãos que regulam, fiscalizam e executam as operações relativas àcirculação da moeda e do crédito, com o importante papel de fazer a intermediação de recursos entre os agentes econômicos superavitários e os deficitários de recursos, tendo como resultado um crescimento da atividade produtiva.

Sua estabilidade é fundamental para a própria segurança das relações entre os agentes econômicos. Isso fica evidente quando se observa que esses agentes relacionam-seentre si em suas operações de compra, venda e troca de mercadorias e serviços de modo que, a cada fato econômico, seja ele de simples circulação, de transformação ou de consumo, corresponde ao menos uma operação de natureza monetária realizada junto a um intermediário financeiro, em regra um banco comercial que recebe um depósito, paga um cheque, desconta um título ou antecipa a realização de umcrédito futuro.

O mercado financeiro pode ser considerado como elemento dinâmico no processo de crescimento econômico, pois permite a elevação das taxas de poupança e investimento.

Neste trabalho procurei estudar o Sistema Financeiro Nacional enfatizando desde o seu histórico até a sua estrutura atual, o padrão monetário brasileiro, tipos de mercado financeiro, as políticasfinanceiras e os principais índices e taxas de juros de referência.

A abordagem do assunto é fundamental para nós, administradores do futuro, que necessitamos possuir conhecimento sobre o mercado financeiro, pois ele influencia direta e indiretamente o nosso dia-a-dia.

1. PADRÃO MONETÁRIO BRASILEIRO

Antes de iniciarmos a abordagem do Sistema financeiro nacional, é importante...
tracking img