Sexualidade no ensino fundamental

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4927 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Anais do SIES - Simpósio Internacional de Educação Sexual da UEM
ISSN 2177-1111

EDUCAÇÃO AFETIVO-SEXUAL NAS ESCOLAS: ASPECTOS CONCEITUAIS E
PRÁTICOS
Rita de Cássia Ferreira dos Santos 1
Alex Sandro Gomes Pessoa 2
Renata Maria Coimbra Libório 3
FCT – UNESP/ Presidente Prudente
INTRODUÇÃO
A sexualidade é um assunto que sempre esteve presente na escola, no
entanto, ela sempre foi negadae mesmo os alunos mostrando grande interesse pelo
assunto, o tema sempre ficou à margem do que a escola faz, se restringindo ao
prisma biológico.
Atualmente não se pode mais fechar os olhos, o tema da sexualidade está na
“ordem do dia” da escola. O tema ultrapassa as conversas durante o intervalo, os
bilhetinhos, as conversas paralelas durante as aulas e se transformou em
necessidade socialde responsabilidade não só da família, mas também do Estado.
Segundo Altmann “é tema de capítulos de livros didáticos, bem como de músicas,
danças e brincadeiras que animam recreios e festas.” (2001, p. 575).
Apesar de tamanha exposição, discutir este assunto na escola ainda é um
desafio. A idéia de que discutir questões sexuais estimularia precocemente a
sexualidade das crianças eadolescentes ainda existe no meio escolar. Segundo
Camargo e Ribeiro (1999, p. 40) a discussão da necessidade da Educação Sexual
na escola deveria estar superada, já que são notórias as conseqüências que essa
falta de informação traz a nossa sociedade. Porém, não podemos perder de vista
que, tendo sido formados para atuar no âmbito das situações de ensinoaprendizagem, com os conteúdos delimitados efragmentados por disciplina,
professores (as) se defrontam com a necessidade de avançar em uma direção com
a qual não se sentem identificados: a sexualidade, a ética, os relacionamentos
interpessoais, o respeito mútuo e questões relativas à cidadania. Trabalhar com
estas questões exige revisão de conceitos, superação de preconceitos e
1

Professora de Educação Física, Mestranda em Educação peloPrograma de Pós-Graduação da FCT/ UNESP de
Presidente Prudente – SP;
2
Professor de Educação Física, Mestrando em Educação pelo Programa de Pós-Graduação da FCT/ UNESP de
Presidente Prudente – SP;
3
Profª. Dra. do Departamento de Educação e do Programa de Pós-Graduação em Educação da FCT/ UNESP –
Presidente Prudente – SP;

Anais do SIES - Simpósio Internacional de Educação Sexual daUEM
ISSN 2177-1111

estereótipos, reflexão sobre a própria sexualidade, lidar com tabus e com seus
medos e vergonhas. Estes são alguns dos desafios que precisam ser enfrentados
para a realização de um trabalho educativo sobre sexualidade.
Com a criação do tema transversal Orientação Sexual nos Parâmetros
Curriculares Nacionais (PCNs), o assunto foi inserido de vez no âmbito escolar. Apartir desta proposta fica evidente o interesse do estado pela sexualidade da
população. A orientação sexual dentro da escola deverá fazer parte de toda prática
educativa não se restringindo a uma única disciplina e cada uma das áreas abordará
o tema por meio da sua própria proposta de trabalho. Portanto, cabe à escola – e
não mais apenas à família – desenvolver uma ação crítica, reflexiva eeducativa
sobre questões referentes à sexualidade, trazidas pelos alunos para dentro da
escola.
O grande problema reside no vazio entre a teoria oficializada em diretrizes
pelos PCN’s e a prática no cotidiano escolar. Este fato deixa claro que não basta
documentar e oficializar o tema sem sensibilizar, conscientizar e dar ferramentas aos
professores (as) para o desenvolvimento de tal temática.Não existe uma exigência
profissional específica para se exercer este trabalho durante as aulas. O que os
PCN’s propõem como pré-requisitos fundamentais ao professor (a) e que esteja
disposto, seja flexível e aberto ao assunto, que adote uma metodologia de aula
diferente e que entre em contato com as questões teóricas e discussões sobre
temáticas especificas da sexualidade.
Apesar das...
tracking img