Seu dinheiro rende mais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1026 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução
“A transformação do valor do dinheiro no tempo só pode ser feita a partir da determinação dos juros, ou seja, do custo do dinheiro ao longo do tempo.”
Existem diversos tipos de investimentos disponíveis que pode ser feito por qualquer pessoa que disponha de capital, e todo capital aplicado recebe uma remuneração.
Todo capital parado perde o que poderia estarrecebendo sob a forma de juros.
(Juro é a remuneração pelo capital investido).
Existem juros com capitalização simples e composta.
Vamos falar um pouco mais sobre eles a seguir.

Justificativa
Você prefere esportes radicais ou os que envolvem menor risco? Com investimentos acontece o mesmo. É preciso que você conheça o seu perfil para escolher os melhores investimentos para você.O primeiro passo é conhecer o seu orçamento pessoal para saber de quanto você dispõe para investir regularmente e eventualmente. Coloque tudo na ponta do lápis e seja realista para poder criar um planejamento adequado às suas possibilidades.
Para começar a investir, você não precisa de grandes valores. O importante é ter disciplina e poupar sempre.
Defina seus objetivos de curto,médio e longo prazo. Investimentos em Fundos de Ações, por exemplo, são opções recomendadas para longo prazo. Fundos Referenciados e Renda fixa são indicados para curto e médio prazo.

Desenvolvimento
Regime de capitalização é a forma em que se verifica o crescimento do capital, este pode ser pelo regime de capitalização simples ou composta.
No regime de capitalização simples os jurossão calculados utilizando como base o capital inicial (VP), já no regime de capitalização composta as taxas de juros são aplicadas sobre o capital acumulado dos juros.
Intuitivamente, sabemos que R$ 4.000,00 hoje “valem” mais que esses mesmos R$ 4.000,00 daqui a um ano, por exemplo.
A princípio, isso nos parece muito simples, porém, poucas pessoas conseguem explicar por que isso ocorre. Éaí que entram os juros.
Os R$ 4.000,00, hoje, valem mais do que os R$ 4.000,00 daqui a um ano porque esse capital poderia ficar aplicado em um banco, por exemplo, e render juros que seriam somados aos R$ 4.000,00, resultando numa quantia obviamente maior que esse capital.

Por exemplo: suponha que um banco me pague R$ 400,00 de juros ao ano caso eu aplique esses R$ 4.000,00hoje. Isso quer dizer que, daqui a um ano, quando esse capital for resgatado, o valor recebido será de R$ 4.400,00, e não somente os R$ 4.000,00 iniciais.

É esse o valor do dinheiro no tempo. Os juros fazem com que uma determinada quantia, hoje, seja equivalente a outra no futuro. Apesar de diferentes nos números, os valores R$ 4.000,00 hoje e R$ 4.400,00 daqui a um ano seriamequivalentes para juros de R$ 400,00.
Um capital de R$ 4.000,00 só será equivalente a R$ 4.000,00 daqui a um ano na hipótese absurda de a taxa de juros ser considerada igual a 0.
Os juros funcionam como um aluguel pago aos donos do capital.
Numa economia de mercado, eles são essenciais e, teoricamente, têm sua razão de ser. Se você discorda disso, tente descobrir alguém que aceiteemprestar um imóvel ou um dinheiro sem exigir o pagamento de aluguel ou de juros. Vai ser (quase) impossível encontrar.
As taxas de juros são apresentadas sempre em referência a uma unidade de tempo: ano, semestre, trimestre, mês, dia.

Capitalização simples é aquela em que a taxa de juros incide somente sobre o capital inicial, não incide, pois, sobre os juros acumulados. A taxa varialinearmente em função do tempo. Uma função linear é aquela cuja taxa de crescimento é constante.

Exemplo:
Daqui a um ano, você precisará ter R$1.200,00. Considerando que você tenha conseguido uma aplicação cuja taxa de juros seja de 20% ao ano, no regime de juros simples, quanto você precisaria aplicar hoje? R: R$1.000,00.

VF = VP + VP x i x n
1.200 = VP + VP x 0,2 x 1
1.200 =...
tracking img