sete saberes e outros ensaios

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3322 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de abril de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto

Resenha Edgar morin 1
A obra “Os sete saberes necessários à educação do futuro”, aborda um tema de extrema importância, tanto para os profissionais da educação, quanto para aqueles que se preocupam com as questões que dizem respeito aos problemas centrais da educação que permanecem ignorados, mas que são necessários para se ensinar no próximo século.
O tema tratado de diferentesângulos, é sobre os sete saberes fundamentais que a educação do futuro deveria tratar em toda sociedade e em toda cultura, respeitadas as especificidades de cada país. Ao considerar que os “saberes” enumerados pelo autor, são por assim dizer, caminhos que se abrem a todos os que pensam e fazem educação, ele estabelece um conjunto de reflexões que servem como ponto de partida para se repensar aeducação do próximo milênio. A ênfase à revisão das práticas da atualidade tem como finalidade adequá-la para enfrentar os desafios e as incertezas destes tempos de mudanças.
No primeiro capítulo é apresentado um estudo sobre a dupla face do erro e da ilusão, que fazem parte das cegueiras do conhecimento. Tanto o erro como a ilusão parasitam a mente humana desde os tempos do homo sapiens e fazemparte do comportamento humano do passado ou do presente. O conhecimento científico é um meio de detecção dos erros e de luta contra as ilusões. Nos erros mentais, a memória é concebida como fonte insubstituível da verdade, mas está sujeita a erros e às ilusões. Os erros intelectuais permeiam as doutrinas, as ideologias, as teorias. A racionalidade é corretiva porque elabora teorias coerentes, éaberta, é autocrítica, mas quando se perverte em racionalização podem ocorrer erros e ilusões. O paradigma tem um papel subterrâneo e soberano em qualquer teoria, doutrina ou ideologia, porque determina conceitos, comanda discursos e/ou teorias, mas por sua vez, pode elucidar e cegar, revelar e ocultar, pois pode determinar a verdade e o erro.
O autor vale-se de suas concepções, ao afirmar que“as sociedades domesticam os indivíduos por meio de mitos e idéias, que por sua vez, domesticam as sociedades e os indivíduos, mas os indivíduos poderiam, reciprocamente, domesticar as idéias, ao mesmo tempo em que poderiam controlar a sociedade que os controla” (p. 29). Vale refletir que esta posição significa que os indivíduos precisam lutar para controlar a sociedade e não serem controlados porela. Para isto, o homem ter consciência de suas possessões para poder dialogar com as idéias que permitem conceber as carências e os perigos da idéia. O autor reconhece que o problema cognitivo é de importância antropológica, política, social e histórica e o dever principal da educação é armar cada um para o combate vital para a lucidez.
No segundo capítulo são estudados os princípios doconhecimento pertinente. Para o autor, o problema universal do cidadão no novo milênio se refere à dificuldade de o mesmo ter acesso às informações sobre o mundo, bem como, a possibilidade de articulá-las e organizá-las. O autor sugere que a reforma de pensamento é a questão fundamental da educação, principalmente a educação do futuro. O autor aponta a inadequação de saberes divididos e desunidos, osproblemas multidisciplinares, transversais, multidimensionais, globais e planetários, como causas do problema da educação do futuro. Assim, para que o conhecimento seja pertinente, é necessário tornar evidentes: o contexto, o global, o multidimensional e o complexo.
No que diz respeito ao contexto, é preciso situar as informações e os dados em seu contexto para que adquiram sentido. Para oglobal, é preciso recompor o todo para conhecer as partes, ou seja, o autor se apoia em Pascal, que afirma ser impossível conhecer as partes sem conhecer o todo. Ao falar sobre o multidimensional, o autor acredita que o conhecimento pertinente deve reconhecer este caráter no ser humano e nele inserir dados, não esquecendo de enfrentar a complexidade, que é a união entre a unidade e a...
tracking img