Sesmt naval

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2775 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ESGOTO


A água após ser eliminada dos diversos usos a que se destina, tais como banho, lavagem das mãos, de roupa, louça e de carros, uso sanitário, produção industrial etc, passa a ser denominada de esgoto ou efluente. O esgoto é composto por 99,9 % de água, 0,1% de sólidos e inúmeros organismos vivos, tais como bactérias, vírus, vermes e protozoários, os quais são liberados junto com osdejetos humanos.


As Características do Esgoto

Características físicas dos esgotos

As principais características físicas que representam o estado em que se encontram águas residuárias são a coloração, a turbidez, o odor, a variação de vazão, a matéria sólida e a temperatura.


Coloração

A coloração indica o estado de decomposição do esgoto, e fornecem dados que podem caracterizaro estado do despejo. Como exemplo, a cor preta é típica do esgoto velho e de uma decomposição parcial, enquanto a tonalidade acinzentada já indica um esgoto fresco.



Turbidez

Assim como a coloração, a turbidez também indica o estado em que o esgoto se encontra. Este parâmetro está relacionado com a concentração dos sólidos em suspensão. Esgotos mais frescos ou mais concentrados possuemgeralmente maior turbidez.

Odor

Durante o processo de decomposição, alguns odores característicos de esgotos podem ser gerados. Jordão e Pessoa citam três odores como sendo os principais:

• odor razoavelmente suportável, típico do esgoto fresco;

• odor insuportável, típico do esgoto velho ou séptico, que provém da formação de gás sulfídrico oriundo da decomposição do lodo contidonos despejos;

• odores variados, de produtos podres como de repolho, peixe, legumes; de fezes; de produtos rançosos; de acordo com a predominância de produtos sulfurosos, nitrogenados, ácidos orgânicos, etc.

A matéria orgânica e o lodo retido em alguma fase do tratamento de esgoto podem ocasionar maus odores em uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). Além disto, as reações que ocorrem nodecorrer do tratamento produzem subprodutos que causam mau cheiro (H2S e outros polienxofres, NH3 e outras aminas). A temperatura também tem influência na emissão de odores.


Variação de esgoto

Os esgotos oriundos de uma cidade e que contribuem para a estação de tratamento de esgoto são basicamente originados de três fontes distintas (VON SPERLING, 1996):

• Esgotos domésticos:oriundos dos domicílios bem como de atividades comerciais e institucionais de um a localidade;

• Águas de infiltração: ocorrem através de tubos defeituosos, conexões, juntas ou paredes de poços de visita;

• Despejos industriais: advindo das indústrias é função precípua do tipo e porte da indústria processo, grau de reciclagem, existência de pré-tratamento dentre outros.


Matéria sólidaJordão e Pessoa (1995) classificam a matéria sólida presente nas águas residuárias seguindo a nomenclatura:

• função das dimensões das partículas: sólidos em suspensão, sólidos coloidais ou sólidos dissolvidos;

• função da sedimentabilidade: sólidos sedimentáveis, sólidos flutuantes ou flotáveis ou sólidos não sedimentáveis;

• função da secagem, a alta temperatura (550 a 600ºC): sólidosfixos ou sólidos voláteis;

• função da secagem em temperatura média (103 a 105ºC): sólidos totais, sólidos em suspensão ou sólidos dissolvidos.

Um dos parâmetros de grande utilização em sistemas de esgotos é a quantidade total de sólidos. Seu módulo é o somatório de todos os sólidos dissolvidos e dos não dissolvidos em um líquido. A sua determinação é normatizada, e consiste nadeterminação da matéria que permanece como resíduo após sofrer uma evaporação a 103ºC (VON SPERLING, 1996).

Temperatura


A temperatura influi diretamente na taxa de qualquer reação química, que aumenta com sua elevação, salvo os casos onde a alta temperatura produza alterações no catalisador ou nos reagentes.

Em se tratando de reações de natureza biológica, a velocidade de decomposição do...
tracking img