Servico social e politica social no brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2693 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A construção das Políticas Sociais no Brasil


SUMÁRIO



1 INTRODUÇÃO.....................................................................................................03


2 DESENVOLVIMENTO..........................................................................................04


3CONCLUSÃO.......................................................................................................12


4 REFERÊNCIAS...................................................................................................13






1 INTRODUÇÃO

Na década de 30 do século passado, começaram a aparecer sinais evidentes dedescontentamento e frustração da classe média e dos grupos de intelectuais, ocorreu uma intensificação do processo de industrialização e um grande desenvolvimento do capitalismo, fazendo com que as expressões da questão social ficassem mais visíveis ocorrem vários movimentos políticos contra a administração pública, considerada por muitos como ineficiente e inábil. Protestava-se também contra a falta desoluções para as crises sociais, econômicas e políticas.
As políticas sociais da época consistiam na intervenção do Estado por meio da implantação de assistência social e de prestações de serviços sociais como assistência médica e psicológica, adoção, medidas jurídicas proteção do consumidor, e reinserção social. O Serviço Social surgiu no bojo deste cenário, tendo como grande desafio garantir aimplantação e execução dessas políticas sociais e ao mesmo tempo atender as demandas do Estado que significa, manter a ordem social. A questão social é entendida como conjunto de expressões das desigualdades sociais engendradas na sociedade capitalista madura, a partir das mobilizações operárias do século XIX. As lutas desse período trouxeram para a cena política e econômica as reivindicações daclasse operária, a denúncia da miséria e do pauperismo produzidos pelo capitalismo e exigiram a interferência do Estado no reconhecimento de direitos sociais e políticos desta classe.
O papel do Assistente Social é imprescindível neste processo de criação e melhoria das políticas sociais, pois mesmo trabalhando em constante pressão por parte do governo, ele defende a execução e ampliação dosdireitos humanos.




2 DESENVOLVIMENTO

Vargas, que esteve no poder nesta época, diante desta situação se viu obrigado a estabelecer uma série de medidas de políticas sociais de caráter preventivo, para tentar amenizar a insatisfação da classe trabalhadora e manter a ordem do sistema capitalista. Essas políticas sociais em sua grande maioria, também beneficiava aclasse média e burguesa, dando condição para o aumento da produção, gerando com isso uma expansão ainda maior do capitalismo no Brasil. Criou o Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio, em novembro de 1930, e promulgou uma legislação trabalhista que respondia, de certa forma, as necessidades do trabalhador e aos interesses da indústria cada vez mais emergente. De 1930 á 1954 foram criadasdiversas instituições e medidas sociais importantes para a classe trabalhadora como instituições, dessa forma citamos algumas importantes como Aposentadorias e Pensões (IPAS), criado em 1933, nesse mesmo ano foi regulamentada a Justiça do Trabalho e Legislação Sindical e em 1940 foi decretado o Imposto Sindical, o Salário Mínimo e o Serviço de Alimentação da Previdência Social.
A instituição dosalário mínimo, a jornada de 8 horas de trabalho, as férias remuneradas, a proteção ao trabalho da mulher e do menor, a assistência a saúde, a maternidade, a infância entre outras diversas medidas, também fazem parte das maiores conquistas deste processo de construção das politicas sociais brasileiras. Até a Constituição de 1988 a política social brasileira se caracterizou por oferecer...
tracking img