Serviço social

Páginas: 42 (10356 palavras) Publicado: 4 de novembro de 2011
O METODOLOGISMO E O DESENVOLVIMENTISMO NO SERVIÇO SOCIAL BRASILEIRO – 1947 a 1961 Maria Angela Rodrigues Alves de ANDRADE*
• RESUMO: O conteúdo que subsidiou este artigo1 é extremamente denso no sentido do volume de material disponível, dispersos em teses, citações em livros, artigos, entrevistas e depoimentos de profissionais do período, publicados principalmente na Revista Serviço Social eSociedade e em teses desenvolvidas na PUC-SP sobre os pioneiros do Serviço Social brasileiro. Todo o esforço na sua construção foi feito no sentido de agrupar os dados mais significativos para a compreensão da fase do processo de desenvolvimento da profissão que vai de 1947 a 1961, que sofre forte influência do Serviço Social Norte-Americano e que é denominado período do “metodologismo edesenvolvimentismo”. PALAVRAS-CHAVE: Serviço Social; Influência Norte-americana; Serviço Social de Caso; Serviço Social de Grupo e Serviço Social de Comunidade.



Introdução Em sua trajetória histórica, o Serviço Social não pode ser visto deslocado do contexto sócio-econômico em que se insere. Coerentemente com essa expectativa, levantamos algumas características essenciais do contexto, na perspectivade que possam ajudar a explicar as configurações assumidas pelo Serviço Social no período de 1947-1961, quando a influência franco-belga cede lugar à norte-americana. Assim, para a construção do conteúdo desta aula foram considerados 3 grandes temas: - o contexto histórico do período de 1940 a 1960; - o Serviço Social fundamentado na influência norte americana e nos procedimentos do Serviço Socialde caso, grupo e comunidade; - a construção do Serviço Social Brasileiro (chamado “segundo bloco” da periodização da profissão). O contexto histórico do Brasil no período de 1940 a 1960
*

Professora do Departamento de Serviço Social e do Programa de Pós-Graduação da UNESP, Franca, SP, Brasil. E-mail: angela@franca.unesp.br. 1 Este texto é resultado da aula proferida em 2007, razão do Concursode Professor Livre-Docente do Departamento de Serviço Social da Faculdade de História, Direito e Serviço Social – UNESP – Campus de Franca. Serviço Social & Realidade, Franca, v. 17, n. 1, p. 268-299, 2008 268

O capitalismo industrial no Brasil, a partir da década de 1940 começa a tomar contornos mais definidos. Através de uma política econômica e financeira, o Estado incentiva as indústrias,visando à expansão, organização do mercado interno, capitalização e acumulação do setor. A expansão da produção industrial é acompanhada pela intensificação da taxa de exploração da força de trabalho, amplamente disponível no contingente populacional. O proletariado urbano, nesse período já se manifesta como um setor emergente, capaz de exercer pressões sobre o Estado. Sua contribuição para aqueda do Antigo Regime (República Velha), necessária à legitimação do Estado Novo, lança-o no quadro político. O Estado Novo, através de sua estrutura corporativa, precisa, necessariamente, incorporar reivindicações dos diferentes setores, inclusive os populares, para validá-los como fonte de legitimação. A necessidade de absorver e controlar esses setores, que crescem a partir de sucessivos surtos deindustrialização e consolidação paulatina do pólo industrial, é um imperativo dinâmico à própria expansão e acumulação capitalista. A repressão da ditadura varguista neutraliza os componentes revolucionários dos setores populares ao mesmo tempo em que fortalece o projeto de estrutura corporativista. A política do Estado Novo se apresenta, claramente, como resposta às necessidades do processo deindustrialização e de enquadramento da população urbana. O surgimento e o desenvolvimento de instituições assistenciais e previdenciárias fazem parte do projeto reformador implementado pelo Estado, e têm a característica principal de propiciar benefícios assistenciais aos trabalhadores.
O Estado passa a intervir diretamente nas relações entre o empresariado e a classe trabalhadora, estabelecendo...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resenha o serviço social na era dos serviços
  • Serviço social
  • Servico social
  • Serviço social
  • Serviço social
  • Serviço social
  • Serviço social
  • Serviço social

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!