Serviço social e a organização da cultura: perfis pedagógicos da prática profissional - ficha de leitura

Páginas: 7 (1709 palavras) Publicado: 9 de outubro de 2011
|FICHA DE LEITURA |
|ABREU, Marina Maciel. Serviço Social e a organização da cultura: perfis pedagógicos da prática profissional - São Paulo: Cortez, 2002. |
|Por Andréia Pedroso|
|Localização e Legenda|Exposição |
|Introdução |"O Pressuposto básico deste estudo é que a função pedagógica do assistente social em suas diversidades é determinada |
|(Página 17) |pelos vínculos que a profissãoestabelece com as classes sociais e se materializa, fundamentalmente, por meio dos |
|(CIT) |efeitos da ação profissional na maneira de pensar e agir dos sujeitos envolvidos nos processos da prática." |
|Introdução |A discussão que Veras (2002) trás, trata da reprodução ou não dos padrões culturais americanos, que são expandidos para |
|(COM)|o mundo através do Welfare State, instalado a partir de 1930 que constitui parte do compromisso fordista. |
| |De uma maneira generalizada o fordismo é uma tática de produção que faz com que o trabalhador sirva voluntariamente aos|
| |objetivos do empregador, fragmentando seu trabalho para que este desenvolva papel de máquina, tirando dotrabalhador |
| |toda a participação intelectual. |
| |Tudo isso tem lógica quando pensamos na função pedagógica que a profissão quer exercer em suas relações com as classes |
| |sociais. A formação de pessoas para o trabalho instrumental eoutras para o trabalho diretivo são preocupações atuais |
| |para o serviço social. A final se aspira uma formação que tutele totalmente as pessoas ou se aspira que adquiram |
| |autonomia? |
|Introdução |Este estudo sobre afunção pedagógica do assistente social sustenta-se na tradição marxista, privilegiando o conceito |
|(RES) |gramsciano de cultura. Gramsci, citado diversas vezes pela autora nesta obra, dedica-se a uma profunda análise sobre o |
| |princípio educativo, em que o trabalho é entendido como elemento constitutivo do processo educativo desde a escola |
||elementar. |
| |Para Veras (2002) o assistencialismo e o filantropismo ainda estão presentes na cultura brasileira e isto gera um grande|
| |ônus as classes subalternas. Através da função pedagógica do assistente social podemosescolher em ajudar a reproduzir o|
| |que está posto ou ajudar na emancipação das classes subalternas. Por isso é correto afirmar que esta função pedagógica |
| |está vinculada a mudança da cultura. |
|Introdução |Gramsci (1976:396) liga a noção de cultura amodo de vida, encontrando suas raízes na base econômica, nos métodos de |
|(Página 29) |trabalho. “Os métodos de trabalho são indissoluvelmente ligados a um determinado modo de viver, de pensar e de sentir a |
|(CIT) |vida”. |
|Introdução |Para...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Serviço social e a organização da cultura: perfis pedagógicos da prática profissional
  • Resenha do livro serviço social e a organização da cultura: perfis pedagógicos da prática profissional
  • Serviço Social e a organização da cultura: Perfis pedagógicos da prática profissional
  • O serviço social e a organização da cultura
  • Praticas profissionais no serviço social
  • perfil pedagógico da prática do assistente social
  • a pratica profissional do servico social
  • Instrumentalidade do Serviço Social e sua Pratica Profissional

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!