Serviço social em tempo de capital fetiche

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 6 (1354 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 2 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A partir da leitura do texto de Marilda Vilela Iamamotto retirada do livro “Serviço Social em tempo de capital fetiche: capital financeiro, trabalho e questão social”, responda:
1) Quais os principais desafios colocados ao Serviço Social na atualidade?


O Serviço Social nasce no berço da Igreja Católica para amenizar os conflitos entre a classe burguesa e o proletariado,defendendo os interesses das classes dominantes, mas trazendo apregoando a prática caritativa.
Durante décadas o Serviço Social se baseou nas doutrinas religiosas para realizar sua atuação profissional, enquanto a sociedade na qual estava inserido se modificava rapidamente.
Á partir da década de 1990 os assistentes sociais perceberam que precisavam romper com o conservadorismo e buscar umreferencial teórico para nortear as suas ações e é então que se inicia o movimento de tentativa de ruptura, que tem seu ápice na década de 1980 , quando os profissionais começam a se utilizar das obras de Marx para tentarem romper com o tradicionalismo e encontrarem um embasamento teórico mais consistente.
Começam as produções teóricas no campo do Serviço Social e cada vez mais profissionaisbuscam se capacitar, se aperfeiçoar continuamente, para lidarem com as novas demandas.
Na década de 1990 o mercado de trabalho sofre um grande impacto com o advento das idéias neoliberais implantadas por Collor e continuadas no governo de Fernando Henrique Cardoso, aumentando o desemprego e a pauperização popular, ao passo que as novas tecnologias também avançavam e o Serviço Socialencontra novos grandes desafios pela frente , além das divergências entre capital e trabalho, cuja relação conflituosa, originou a criação do Serviço Social.
Em meio á todo esse contexto pertinente ao Serviço Social, á também a questão das universidades públicas e privadas da área, que começam a se expandir por todo o território nacional, principal com a chegada do governo de Luiz Inácio da Silva(Lula), no ano de 2003, sobretudo as universidades particulares.
No campo das instituições, é comum o profissional de deparar com as relações hierárquicas e de poder, onde a instituição apresenta suas demandas, suas necessidades, que nem sempre vão de encontro ás necessidades dos usuários, á questão social.
Nas universidades, isso não é diferente. Segundo Iamamoto, na atualidade,vivencia-se a mercantilização do ensino superior, a supremancia dos interesses particulares de determinadas classes e uma limitação dos conteúdos ensinados e da liberdade profissional em se trabalhar nesta área, em busca se aperfeiçoar e dominar as disciplinas ministradas.
Um dos desafios profissionais no que tange ás universidades está em se construir e defender uma universidade com ensinode qualidade, que cultiva e incentiva a razão crítica, o questionamento da realidade social e o compromisso com valores universais e que sejam para todos, sobretudo, que se expandam as universidades públicas para atender mais alunos que talvez não consigam custear os gastos de um ensino superior em uma universidade particular, ofertando-se um ensino público e de qualidade, que seja democrática ecomprometida a formar além de profissionais qualificados e estimular sua constante especialização e capacitação, verdadeiros cidadãos de direito, participantes e conscientes.
Essa expansão das universidades particulares, neste caso a das que oferecem cursos de Serviço Social, vai de encontro aos preceitos Neoliberais, que visam o lucro, a mercantilização de produtos e serviços essenciais ápopulação e ao mesmo tempo, isenta a responsabilidade do Estado com a educação superior, em oferecer cursos em universidades públicas e expandir o público e não o particular.
Nessa expansão desenfreada, o que se constata é a precarização do ensino ofertado e deterioração acelerada da qualidade do ensino e da investigação, fato que está em evidência nos organismos multilaterais como o Fundo...
tracking img