Sermão da sexagésima - resumo comentado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 7 (1580 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 17 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Resumo feito por: Naiara Emília Campanhola

Resumo comentado
(VIEIRA, Antônio. Sermão da Sexagésima. ed. Lisboa: Francisco Franco, s.d.)

Pregado na Capela Real em Lisboa, no ano de 1655, O Sermão da Sexagésima, de Padre Antônio Vieira, é uma crítica impetuosa aos pregadores ou sermonistas que por muito valorizarem o cultismo, faziam de seus sermões motivo de exaltação literária e deixavamseu caráter religioso e de reflexão existencial em segundo plano. Ao mesmo tempo em que critica esse estilo de pregação, o sermão de Antônio Vieira instrui acerca dos principais elementos que constituem um bom sermão.
O tema a partir do qual será desenvolvido o Sermão da Sexagésima é a “Parábola do semeador”, que encontramos no Evangelho segundo Lucas. Na primeira parte do sermão, Vieira toma porbase o versículo bíblico “A semente é a Palavra de Deus” (Semen est Verbum Dei), apontando a escolha do tema e buscando sustentação nos textos sagrados. Já nesta primeira parte, o pregador traça um paralelo entre os primeiros pregadores do Evangelho com os pregadores de sua época e critica o estilo moderno de alguns pregadores. Neste capítulo introdutório ainda explica que existem aqueles que saema semear e aqueles que semeiam sem sair. Para Vieira, o semeador do evangelho deve seguir o exemplo de vida apostólica, por isso defende que os que saem terão maior recompensa porque se sacrificaram pelo evangelho. “Os de cá achar-vos-ei com mais paço; os de lá com mais passos.” (p.29) Essa comparação dos pregadores de sua época com os pregadores apostólicos é que constrói a antítese de seusermão.
A segunda parte do sermão, ainda introdutória, é onde o orador explica que os diversos solos onde caiu a semente (a Palavra de Deus, ideia já apresentada na I parte) são os corações dos homens. Ainda aqui, Vieira apresenta o que vem a ser a matéria de seu sermão: “(...) se a palavra de Deus é tão poderosa; se a palavra de Deus tem tantos pregadores, porque não vemos hoje nenhum fruto dapalavra de Deus?” (p.31) Com esse questionamento Vieira tem a intenção de confundir seu auditório para envolvê-lo em reflexões acerca do que propõe discutir.
A partir dessa questão o sermão é desenvolvido nos posteriores capítulos, ou partes como temos chamado aqui. Toda a argumentação de seu sermão se encontra no desenvolvimento. É, portanto, nas partes que se seguem que o pregador esclarece atemática proposta utilizando-se de uma série de recursos para persuadir o leitor.
A terceira parte do Sermão da Sexagésima começa com a apresentação de três princípios que podem ser os causadores da escassez de conversões pela pregação da palavra de Deus. Os princípios apontados são: o pregador, persuadindo; o ouvinte com seu entendimento, e Deus com a graça. Para apontar esses três possíveis fatores,o pregador se utiliza do conceptismo, construindo um jogo de ideias e conceitos, persuadindo o ouvinte quando se refere à conversão como sendo um ato de olhar para si mesmo. Para olhar para si mesmo são necessárias três condições: o espelho, a luz e os olhos. O pregador concorre com o espelho, que reflete a doutrina de Deus, Deus concorre com a luz, que é a graça e o ouvinte concorre com osolhos, que representam o conhecimento. O primeiro princípio a ser descartado como sendo o responsável pelos poucos frutos produzidos é Deus. Para confirmar isso, Vieira aponta como primeiro argumento que “trata-se de uma proposição de fé” e, como segundo, que a palavra de Deus não muda, ainda é a mesma. O pregador então aponta como culpado o homem. Fazendo uso da retórica, responde que esse homem que éo culpado não é o ouvinte, mas o pregador. Pois a semente nasce, segundo a parábola de Cristo, em todos os solos e, como afirma Vieira, se a palavra de Deus não frutifica nos corações não é por culpa dos ouvintes porque estes têm disposição para isso. Então a culpa é do pregador. Fica claro como Vieira conduz e induz seus ouvintes e como ele se utiliza da temática religiosa para fazer uma...
tracking img