Seriam nossos ancestrais os anunnaki?

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1142 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de agosto de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Ao ler esse artigo, devem se perguntar quem ou o que é Anunnaki? Para responder a essa pergunta, vamos fazer uma viagem ao passado, e conhecer histórias dos Sumérios e de Níribu...Complicou? Então vamos explicar:
Conforme Zecharia Sitchin. a tradução de dois mil cilindros e fragmentos de cerâmica com inscrições da Mesopotâmia, alguns de 4.000 a.C., que fazem parte do acervo de museus de todo omundo. Um desses fragmentos, que se encontra na Alemanha, indica que a Terra é o "sétimo planeta", contando a partir de Plutão. Ocorre que Plutão somente foi descoberto pela astronomia moderna em1930. Os sumérios descreviam nosso sistema solar como um conjunto de 12 corpos celestes significativos.
Na linguagem zodiacal, estes astros são todos chamados “planetas", entre esses astros havia o“Níribu. Conforme os sumérios,em muitos escritos, informam que aproximadamente a 430 mil anos aC , visitantes estelares colonizaram a Terra com o propósito de obter grandes quantidades de ouro na linguagem suméria, eles eram os “Anunnaki” ou traduzindo : “Aqueles que desceram dos Céus” esses visitantes eram de Níribu; ainda segundo as escritas sumérias, os Anunnaki usavam os Homo Erectus, comooperários, porem, eram difíceis de controlar, e completamente “bestiais”, por isso com o passar dos anos, começara a elaborar experimentos genéticos, e cruzaram os terráqueos, com outros animas da época e DNA dos próprios Anunnaki, surge ai o Homo-Sapiens; e graças a ajustes em vários testes laboratoriais, esse novo ser pode procriar, e estender sua raça.
Os Anunnaki gostaram tanto de seus novospupilos que alem de ensinar muito do que conheciam passaram a os ter como cocumbinos e mantinham relações sexuais com eles, seus filhos e netos transformaram-se nos famosos “Cro-Magnon” cuja a inteligência se sobressaia sobre os outros seres humanóides da época.
Nesse ponto, passamos a analisar sobre á ótica espírita essas informações, podemos por exemplo citar o livro “Os Exilados da Capela”,onde Edgar Armond desenvolveu uma idéia já presente em A Gênese: a Raça Adâmica. Legiões de espíritos oriundos de mundos avançados teriam perdido o direito de lá reencarnarem por serem retardatários em seu progresso moral. Como forma de “regeneração”, exilados para mundos que ensaiavam os primeiros passos da vida inteligente, onde teriam uma encarnação bem mais áspera e também a oportunidade deacelerar o progresso de seus habitantes.Baseando-se em relatos mediúnicos Armond, diz que tal migração ocorrera a partir de um planeta do sistema solar da estrela Capela, situada na constelação de Cocheiro, “uma estrela inúmeras vezes maior que o nosso Sol e, se este fosse colocado em seu lugar, mal seria percebido por nós, à vista desarmada” (cap. I).A migração dos capelinos teria se iniciado jánas últimas eras glaciais, num período por ele denominado “1º ciclo”; coincidentemente período do surgimento do “ Cro-Magnon”.
Na época Armond passou a ser censurado e chamado de “Místico”, realmente havia muito dos seus ditos condizentes com a “Teosofia” onde Helena P. Blavatsky, fundadora da Doutrina em meio a seus conhecimentos de varias seitas orientais expôs sua versão de antropogênese nosegundo volume de obra “Doutrina Secreta”, em que não só toma emprestado o continente de Lemúria, mas também fala de Atlântica e o suposto continente Hiperbóreo. Ela também apresenta parte do vocabulário usado por Armond como “Raças-Mães” (ou “Raças - Raízes” ) e suas respectivas sub-raças.
“[...] Naquela época a Terra era habitada pelos "Primata hominus", vivendo dento de cavernas, usandoinstrumentos de sílex e por seu aspecto se aproximavam bastante do "Pithecantropus erectus". Foram então, as entidades espirituais que levando em consideração a necessidade de evolução do planeta, imprimiram um novo fator de organização às raças primogênitas, dotando-as de novas combinações biológicas, visando o aperfeiçoamento do organismo humano. Quando essa operação transformadora se consumou...
tracking img