Serial killer- louco ou cruel

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1676 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CAMPONEZ FROTA





SERIAL KILLER – LOUCO OU CRUEL?




Resenha conclusiva para Técnica de Seg. Empresarial
Universidade Luterana do Brasil
Pró-reitoria de Graduação
Gestão em Segurança pública e Privada




Prof. Carlos Feijó






Canoas
2003







INTRODUÇÃO



O presente trabalho visa apresentar uma resenha conclusiva sobre a obra da escritoraIllana Casoy, intitulada Serial Killer – Louco ou Cruel? Sendo uma resenha conclusiva, neste intróito dispensa-se maiores detalhes do que será abordado no corpo do presente trabalho, tendo em vista que o mesmo, por si só, tem todos os componentes de um trabalho científico na sua formatação.

Apresentamos esta “Introdução” do trabalho realizado, para dar maior estética ao conjunto deste, bemcomo para seguir padrões pré-estabelecidos pelas Normas Técnicas para trabalhos científicos, segundo Pedro Augusto Furasté.

Sabemos que no desenvolvimento do assunto tratado, os itens previstos para um trabalho científico, e em especial,, na presente resenha, lá estarão com todos os dados pertinentes ao assunto bem como a sua ordem de colocação, com a devida conclusividade solicitada peloprofessor da cadeira afim.


















SUMÁRIO


INTRODUÇÃO............................................................................................................................. 3
1 SERIAL KILLER – Louco ou cruel? ..................................................................................... 4
CONCLUSÃO.............................................................................................................................. 7
BIBLIOGRAFIA .......................................................................................................................... 9





















4









1 SERIAL KILLER - Louco ou cruel?


A presente resenha teve como fonte o livro SERIAL KILLER - Louco ou Cruel? ,Ilana Casoy, São Paulo/SP, Ed. Madras, 2002/2ª edição – 300 p., o qual trata sobre quem são os Seriais Killers; os mitos e as crenças; o perfil do criminoso; a investigação do FBI; organizados e desorganizados; psicologia investigativa; análise da cena do crime; casos da vida real, bem como, ainda dentro da obra literária, foram colocados em anexo, apêndices discorrendo sobre os Seriais Killersdo mundo inteiro; a pena de morte no mundo (países que tem pena de morte, países que não tem pena de morte, países que prevêem a pena de morte em casos especiais); mapa por estado, nos Estados Unidos da América; frases famosas dos matadores; lista de objetos encontrados na casa de Jeffrey Dahmer, e um pequeno relato da autora sobre a sua vida, até chegar as motivações a que levaram-na a escreveressa obra.

Trata a autora em sua obra que, para ser um Serial Killer, há necessidade de que um assassino tenha feito mais de três vítimas e que tenha se passado um intervalo mínimo de tempo entre a prática de um assassinato e outro. O intervalo varia de acordo com o criminoso com o qual se está lidando. Este intervalo pode ser, dias, semanas ou, até mesmo meses. Quanto mais crimes elecomete, mais afunda-se em sua fantasia, portanto, sente aumentar cada vez mais a sua vontade de continuar matando. Por isso, um Serial Killer raramente deixa de matar. Na maioria das vezes ele prossegue com o seu rastro de crimes, até que seja preso ou que venha a morrer. Muitos especialistas discutem esta margem de três vítimas, acreditando que não é o número de vitimas do matador que determina a suacondição.

Ao contrário de um assassino de massas, ele se preocupa muito com quem vai matar, tem prazer em saber quem está matando, fatos que levam às suas vítimas terem sempre o mesmo perfil (idade, sexo, raça, etc.) sendo escolhidas a dedo pelo assassino. Em contrapartida, as vítimas, porém, nunca tem importância para ele, pois se considera acima delas. Mesmo quando as estupra, não as...
tracking img