Separação de misturas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 6 (1383 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 18 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA MARANHÃO
DIRETORIA DE ENSINO SUPERIOR
DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE QUÍMICA

Química Geral Experimental I

Experimento IV
Processos de Separação de Misturas

João Florêncio Monteiro Neto LQ1211018-21
Profº Drº: Luís Presley Serejo
Realizado: 30 de maio de 2012

São Luís
2012
* Objetivos

* Separação de misturas nos diferentestipos de processos.

* Introdução

Para compreender o processo de separação de misturas, o conceito sobre misturas é fundamental no qual representa todo tipo de matéria cuja fusão e/ou ebulição não ocorre em temperaturas constantes, ou seja, podemos citar como exemplo a água tem sua fusão a 0°C e a ebulição a 100°C, temperaturas constantes, as misturas possuem intervalos de fusão eebulição.
Na separação de mistura tem-se que classificar em que homogênea e heterogênea, no qual a primeira não é possíveis às distinções das fases, já a segunda é perceptível a visão de duas ou mais fases, podendo ser classificadas como miscível e imiscíveis respectivamente.
Existem diferentes tipos de processos, no qual em misturas homogêneas utilizamos uns e nas heterogêneas utilizamos outrosprocessos, destacam-se alguns que foram utilizados ao logo do experimento:
* Filtração Simples: É um processo utilizado para separar as fases de misturas heterogêneas, por meio de uma superfície porosa denominada filtro.
* Funil de Decantação: Utilizado na separação de líquidos que são se misturam, ou seja, imiscíveis.
* Destilação Simples: Processo que permite a separação de um líquidode uma substância não volátil ou de outros líquidos que possuem uma diferença no ponto de ebulição maior do que cerca de 80°C.
* Dissolução Fracionada: A dissolução fracionada é feita a partir de dois processos, a princípio é dissolvida apenas um dos componentes, e para separar o componente dissolvido no líquido do componente não dissolvido, e mistura passa pelo processo de filtração, e ocomponente dissolvido pode ser separado por destilação.
* Centrifugação: A centrifugação é um processo de separação em que uma amostra fluida é submetida a um aparelho centrifugador ou centrífuga a fim de se promover a separação dos componentes via sedimentação dos líquidos imiscíveis de diferentes densidades.

* Materiais e Reagentes

VIDRARIAS e MATERIAS | Reagentes |
Capela; | Enxofre;|
Becker; Almofariz; Pistilo; | Carbonato de Cálcio (CaCO3) |
Suporte Universal; Tripé; | Água destilada; |
Bico de Bunsen; Garra; Proveta; Kitassato; Proveta;Centrífuga; Tela de Amianto; | Enxofre; Sulfato de Cobre Penta Hidratado (CuSO4 5.H2O) |
Funil de Vidro; Erlenmeyer; | Clorofórmio; Solução de Iodo a 5%; |
Condensador; Termômetro | Solução de 5% de Sulfato de CobrePenta-Hidratado (CuSO4 5.H2O) |
Balão de Fundo Chato; Papel Filtro; Rolhas; Conexão de Vidro; Tubo de Ensaio; | |

* Procedimento Experimental

I – Filtração Simples

Utilizando o suporte universal com o auxilio de uma garra para segurar o funil de vidro, e abaixo da vidraria foi colocada um Becker, já no funil colocou-se um filtro poroso. Acrescentando-se água destilada para melhor aderência dofiltro à parede do funil, logo em seguida foi adicionado aproximadamente 50ml CaCO3.

II – Funil de Decantação

Colocou-se uma solução alcoólica de Iodo, com H20 e Clorofórmio, no qual misturou-se as misturas e depois deixando em repouso observando o processo de precipitação, no qual percebe a densidade de cada substância, e fica evidente a formação de fases.

III - Destilação SimplesAcrescentando-se cerca de 100ml de sulfato de cobre penta-hidratado (CuSO4.5H2O) no balão de destilação(balão de fundo chato), em que dentro desta vidraria têm-se um termômetro para aferir a temperatura conforme variando o tempo. No condensador foi adicionado H2O proveniente de uma mangueira que estava diretamente ligada à torneira em baixa intensidade, utiliza-se esse recurso para o resfriamento e...
tracking img