Sensorial motor

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 34 (8469 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O que é a depressão?
Sintomas da depressão
Depressão e estado depressivo.
Cura da depressão e cura dos sintomas depressivos.

O que é Depressão?
A depressão é um doença mental que possui tratamento.
A depressão não deve ser confundida com tristeza
Todo ser humano sente-se triste de vez em quando, pois sentir-se triste – por uma circunstância desfavorável, por exemplo – é completamentenormal.
A depressão, entretanto, é diferente da tristeza: apresenta um quadro de sintomas específicos.
A depressão nem sempre possui uma causa (ou uma causa específica evidente)
Em alguns casos, a depressão surge a partir de uma grande perda – como o falecimento de um parente ou amigo, ou decorrente de perdas financeiras. Mas não necessariamente a depressão apresentará uma causa claramenteidentificável.
Somente com o tratamento psicoterápico é que se poderá chegar as causas profundas e escondidas da depressão.
A depressão pode afetar crianças
Há a necessidade de desconstruir a idéia de que a infância é uma época de felicidade. Evidentemente, esperamos que toda criança seja feliz. Mas a depressão também pode estar presente na infância. As causas podem ser as mais variadas como asepração dos pais ou momentos de stress na escola.
A depressão é uma doença real (e que deve ser tratada)
Uma pessoa com depressão não é uma pessoa louca ou fraca, que não aguenta os sofrimentos ou que é por natureza problemática. A depressão, assim como a dependência química, é uma doença real.
A depressão possui tratamento
Para sabermos o melhor tratamento, deve-se fazer uma análise porprofissionais de saúde: psicólogos, psiquiatras, médicos a fim de propor o melhor tratamento para cada paciente.

Depressão na visão da Psicologia Analítica.
“O critério segundo o qual estudamos a doença não deve e não pode limitar-se à doença em si mesma (…) Deve basear-se na variação do normal” (Carl Gustav Jung)
A depressão é uma inadaptação que ocorre quando a emergência do programa arquetípico setorna disfuncional na interação genoma-ambiente em etapas-chaves da vida e especialmente quando o ambiente, de forma parcial ou total, não satisfaz uma ou mais necessidades arquetípicas básicas (apego, cuidado, proteção, alimento, status, sexualidade) e que evoluem em cada ambiente em particular, para otimizar a sobrevivência do organismo e a perpetuação dos genes.
A depressão é uma estratégiahumana adaptativa, que o individuo entra em contato consigo mesmo por provável fracasso de apego ou status. E quando superamos essa adversidade de determinadas situações saímos mais fortalecidos delas, parafraseando Nietzsche “O que não nos mata nos fortalece.”.

Depressão e Psicologia Analítica
Também temos a depressão como estratégia individuante que contribui na estabilização e equilíbrio doprograma arquetípico em desenvolvimento, participando da interação entre o consciente e inconsciente, individual e coletivo, entre o ego e o Self. Ou seja, é uma elaboração simbólica necessária ao processo de individuação. Para gerar então transformação do sentido existencial que toda depressão reclama.
Com isso o individuo tenta buscar e criar significados em ser uma possibilidade dentro dadimensão intersubjetiva , ou seja, a trama psíquica do significado pessoal, confere ao símbolo, de acordo com Jung, uma função transformadora de vital importância para o equilíbrio e criatividade da psique. O símbolo é definido como a fronteira entre consciente-inconsciente, saúde-doença, cérebro-psique, para configurar os padrões do significado pessoal. E está ligada a função transcendente descritapor Jung como a função responsável, pelas mudanças que ocorrem a partir da dimensão neuropsíquica dos modelos representativos e dos complexos, até a dimensão existencial da construção simbólica de um novo sentido existencial, próprio de cada processo de individuação.
Na depressão encontramos uma alteração – uma descentralização – de todo o ser, ou seja, de sua dimensão da totalidade. Segundo...
tracking img