Senhora

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1150 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Análise do livro

SENHORA

de José de Alencar



Esta análise consiste em demonstrar algumas peculiaridades da obra de José de Alencar

José de Alencar um cearense, que antes de iniciar sua vida literária atuou como advogado e também político e jornalista.inspirou na vida cotidiana brasileira em suas obras, também romances indianos e regionalista, podendo ser considera oprecursor do Romantismo no Brasil.

Segundo Castelo é fundamental e indispensável ao estudo da obra de José de Alencar, modelo romântico europeu equacionado com o passado e o presente da sociedade brasileira. Uma visão lírica e ideal de vida, sendo o amor o único caminho de atingirmos e alcançarmos a boa qualidade de vida.

Alencar inspirou na corte seus romances, com narrativa socialurbana, esboça sob a visão romântica os perfis femininos e o comportamento social da mulher, podemos observar em sua obra Senhora, onde a mulher surge com certas habilidades que se destaca por sua importância na sociedade, levando ao deslumbre de alguns e a reprovação de outros.

A obra Senhora nos remete algumas contradições para o período e época, onde mulheres dependiam totalmente de umvarão bem sucedido para tornar-se evidente na corte.

Propomos nesta análise uma caminhada pelo Rio de Janeiro sobre olhar de uma sociedade “masculina” de total afronta aos costumes europeus, que eram logicamente copiados pelas damas brasileiras. O comportamento da mulher em uma sociedade vista pelo dinheiro e poder versus o amor e desafetos. Nesta sociedade a mulher era vista de vestidosrendados, tímidas caseiras, tocando piano após o jantar, conservadora e dócil. Em Senhora iremos analisar as características de Aurélia Camargo.

Vamos analisar esta obra sobre o prisma da mulher e a sociedade, passaremos pela análise de Aurélia Camargo em segundo plano a obra de um modo geral, fugindo um pouco das tradicionais análises, claro que não estamos desmerecendo os trabalhosanteriores apenas tendo um pouco de ousadia para tal trabalho, já que estamos tratando de Senhora.

Esboçaremos Aurélia Camargo, moça humilde, de família menos favorecida pela má sorte e covardia de seu pai, que não teve coragem de assumir seu casamento com sua mãe, de traços bonitos uma linda jovem que seriam a mulher ideal a muitos homens daquela cidade

A presença da mulher nestasociedade da época marcada pela ascensão da burguesia, de comerciantes, banqueiros enriquecidos honestas ou ilicitamente, contrapondo-se a uma sociedade aristocrata ligadas aos grande latifúndios.

Surge Aurélia Camargo Há anos raiou no céu fluminense uma nova estrela, com certo exagero peculiar do autor que lhe atribui uma forma divinal, com seus dezoitos anos. O autor usa de metáforas paracomparar a beleza de Aurélia Camargo.

Uma jovem muito além de seu tempo a partir do momento que passa de uma condição para outra, observamos a antítese da frágil para a forte e decidida, mesmo aos dezoitos anos, sua vida estava nas mãos de um tutor que ela não recebera ordens ao contrário discutia seu relacionamento, vivia na bela mansão nas laranjeiras, com todos requintes de fineza eriqueza que a muitos sobra inveja, aquém pertencia aquela mulher que entrava nos salões e deixava a todos perplexo com sua beleza.

Aurélia concentrava-se de todo dentro de si; ninguém ao ver essa gentil menina, na aparência tão calma tão tranqüila, acreditaria que nesse momento ela agita e resolve o problema de sua existência; prepara-se para sacrificarirremediavelmente todo seu futuro. (p16)



A mulher em forma de anjo para muitos, planeja em seu intimo uma vingança. Mesmo acreditando no amor, sente a necessidade de vingança contra aquele que a traiu e trocou por alguns réis. Em sua pequena idade organizou sua vida em torno de um sacrifício que somente o dinheiro poderia em sua concepção lhe dar.

O sofrimento entre o desejo de amar...
tracking img