Semiologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (840 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Semiotécnica do tórax e
aparelho respiratório

Avaliação Clínica
História Clínica (Anamnese)
• IDENTIFICAÇÃO
- Sexo
- Idade
- Ocupações profissionais
- Procedência
• QUEIXA PRINCIPAL

-TEMPO DE DOENÇA
Aguda (< 3 semanas)
Subaguda (3 semanas a 3 meses)
Crônica (> 3 meses)

Avaliação Clínica
História Clínica (Anamnese)

-

Principais sintomas
Tosse
ExpectoraçãoHemoptise
Dispnéia
Dor torácica
Chiado (Sibilância)
Febre
Emagrecimento

Dispnéia
• Se
caracteriza
por
uma
sensação
desconfortável ou dificuldade para respirar.





Fôlego curtoCansaço
Canseira
Suspirosa

• Causa comum em indivíduos com patologias respiratório
e cardiovascular.
• Fator limitante da qualidade de vida.
Medicina, Ribeirão Preto: 37: 199-207, jul./dez.2004

Dispnéia - Causas










DPOC
Asma
Fibrose pulmonar
Tromboembolismo
pulmonar TEP
IAM
ICC
Anemia
Tireotoxicose

• Sepse
• Uso inadequado de
suporte ventilatório• Acidose
• Obesidade
• Gravidez
• Descondicionamento
• IRC
• Altitude

TOSSE
Fenômeno reflexo de defesa para

expulsar

substâncias estranhas da arvore brônquica

através demovimentos expiratórios bruscos
e violentos, efetuados com a glote

semi

cerrada.

Bethlem N. Pneumologia, 3a ed. Livraria Atheneu - 1984

Expectoração

CARACTERÍSTICAS:

CLASSIFICAÇÃO:


••







Cor
Quantidade
Consistência
Odor

Serosa
Mucosa
Purulenta
Sanguinolenta

TOSSE CRÔNICA
Principais Causas

Drenagem nasal posterior

41%

Asma

24%Refluxo gastroesofágico

21%

Bronquite crônica

5%

Irwin R. S. Curley F. J. French C. L. Am Rev. Respir. Dis. 123:413-17 , 1990

Dor Torácica





Complexa: mecanismosfisiopatológicos múltiplos
Manifesta-se de forma aguda ou crônica
Expressão clínica de distinção difícil
Cerca de 5 – 10 % dos pacientes do total de
atendimentos na emergência são devido à dor
torácica.
•...
tracking img